Lendas de FIFA: Andreas Brehme, “O Andy”

12
Lendas de FIFA: Andreas Brehme, “O Andy”

Hugo Versiani
 
 

As cartas Legends são uma seleção dos melhores jogadores de todos os tempos. É um conteúdo exclusivo para Xbox (360 e One) entre a Microsoft e EA Sports. Por ser uma representação do melhor momento da carreira futebolística de cada um, consequentemente, os preços das cartas de alguns jogadores são bem elevados. As lendas estão disponíveis no mercado de transferências e também em pacotes. A química entre os jogadores é fundamental para o sucesso da equipe contra os adversários. Nesse sentido, os Legends, são um fator positivo para maiores variações no time, sem ter que se preocupar demasiadamente com a química.

Em vários drafts ou nas primeiras divisões nos deparamos com esses Legends e muitas vezes nem sabemos o porquê dele ter adquirido essa carta especial. Você até já pode ter assistido algum documentário ou pela mesma curiosidade que a minha ter ido a fundo nas pesquisas sobre essa lenda, mas pelo menos algo já sabemos sobre esses jogadores: eles fizeram a diferença no futebol. Mas qual é o objetivo dessa nova série, se a internet nos possibilita tirar todas essas dúvidas? É simples! Reunir informações, descobrir novos ídolos e compartilhar experiências in game.

Essa nova série de artigos irá contar, quinzenalmente, um pouco da história desses jogadores, comentaremos também sobre a carta e as possibilidades de utilizar em jogo por meio dos seus atributos, os valores no mercado de transferências e tudo isso com imagens, links e vídeos da carreira de cada Legend. Está em campo! Legends: de A a Z!

 
 
 
 
 

Lendas de FIFA: Andreas Brehme, “O Andy”

 
 
Lendas de FIFA: Andreas Brehme, “O Andy”

Histórico

Vida e carreira do jogador
 

E quais foram os momentos mais marcantes da carreira desse jogador? Andreas Brehme passou por 5 clubes como jogador profissional: 1. FC Saarbrücken (80-81), 1. FC Kaiserslautern (81-86), Bayern de Munique (86-88), Inter de Milão (88-92), Real Zaragoza (92-93) e novamente o 1. FC Kaiserslautern (93-98). Destes clubes, Andy teve dois momentos emblemáticos em sua trajetória: venceu o campeonato nacional da Itália pela Inter de Milão em 88-89 e conquistou em anos consecutivos duas divisões do campeonato alemão pelo 1. FC Kaiserslautern. A primeira conquista tirou o time nerazzurro de um jejum de 9 anos e também o levou a faturar o prêmio de melhor jogador do ano na Serie A pelo jornal do país Guerin Sportivo. A consagração viria na conquista pela equipe de seu país: o trimundial pela Alemanha. Um gol de empate numa semifinal e outro de pênalti na final foram suficientes para Andy deixar seu nome na história do futebol.

 
 
 
 
 
Lendas de FIFA: Andreas Brehme, “O Andy”

Você sabia?

Curiosidades e fatos curiosos sobre o jogador
 

O grande desempenho durante os anos de 89 e 90 (Inter de Milão e seleção alemã) rendeu ao alemão a terceira posição no prêmio Bola de Ouro, dado pela revista France Football.

 
 
 
 
 
Lendas de FIFA: Andreas Brehme, “O Andy”

Frase polêmica

Declaração famosa do jogador
 

Não encontrei nenhuma frase marcante que merecesse destaque no artigo. Caso você tenha lido ou escutado alguma, não deixe de compartilhar com a comunidade. Obrigado!

 
 
Hugo Versiani
 
 
 
 
 
Lendas de FIFA: Andreas Brehme, “O Andy”

Cadê você, Andreas Brehme?

Encontre Andreas Brehme nas redes sociais
 
 

O jogador em questão não está nas redes sociais que temos utilizado como referências para este tópico do artigo. Caso você tenha encontrado, deixe registrado nos comentários. Obrigado!

 
 
 
 
 
Lendas de FIFA: Andreas Brehme, “O Andy”

Análise

Caraterísticas do jogador
 

Andy é um lateral que pode ser utilizado nos dois lados do campo, pois, o jogador possui 5 estrelas de weak foot. Porém, seu work rate é preocupante, já que é alto para ataque e médio para defesa. Por isso, muita atenção ao tipo de formação escolhida para sua equipe e também às instruções a serem dadas ao alemão. Chute preciso de longa distância, cruzamentos efetivos e roubadas de bola são três qualidades de Brehme em campo que você pode confiar. Com seus 176cm e 81 de pulo, não o torna apto para ajudar a defesa em bolas aéreas, ou seja, puxar um contra-ataque é a melhor alternativa. Andreas também é gol certo quando surgir um pênalti a ser cobrado. Se você não tem um jogador especialista em seu time para cobrar faltas de longa distância, não pense duas vezes, selecione o alemão para a cobrança e vá para a galera comemorar o gol.

Lendas de FIFA: Andreas Brehme, “O Andy”
Andreas Brehme em FIFA 15 e em FIFA 16


 
Pontos fortes nos atributos para a posição

1. Aceleração: 91
2. Cruzamento: 94
3. Energia: 91
4. Interceptações: 91

Outros atributos interesssantes:
1. Força no chute: 92
2. Pênalti: 97
3. Chutes a longa distância: 87

Pontos fracos nos atributos para a posição
1. Passe longo: 82
2. Marcação: 85


 
 
 
 
 
Lendas de FIFA: Andreas Brehme, “O Andy”

Valor no mercado de transferências

Valorização do jogador em FUT
 

O Price Ranges de Andreas Brehme está entre 26k e 370k. Numa última verificação, no BIN, sua carta está saindo por 212k. Se vale a pena ou não, depende de você. Se é fã deste jogador, vá em frente. Se quer somente testá-lo, não hesite. Se procura por laterais nessa faixa de preço, por exemplo, o Marcelo TOTY (89 de rating) está saindo no BIN por 145k ou menos no Xbox One e 189k no PS4. O brasileiro possui características bem diferentes ao alemão, mesmo sendo da mesma posição, porém, não é uma carta comum e seu preço está bem abaixo da lenda. No dia 1º de outubro de 2015, Andreas Brehme, estava saindo por 494k, já no dia 24 de julho deste ano sua carta estava valendo aproximadamente 216k, ou seja, 278k de depreciação de valor de mercado.

Lendas de FIFA: Andreas Brehme, “O Andy”
 
 
 
 
 
Lendas de FIFA: Andreas Brehme, “O Andy”

Galeria de imagens

Fotografias do jogador
 
[soliloquy id=”21531″]
 
 
 
 
 
Lendas de FIFA: Andreas Brehme, “O Andy”

Videos

Jogador em ação
 

 
 
 
 
 

Lendas já publicadas
Alan Shearer
Alessandro Nesta
Alexi Lalas

Próxima Lenda
Andriy Shevchenko

 
 
 
 
 

PARTILHAR
Hugo Versiani é o autor das colunas Ponto Central, MY trade e Lendas de FIFA. Ele também contribui na elaboração dos guias das ligas e seleções em FUT. Apaixonado por futebol real e virtual, é torcedor fanático do Corinthians e da seleção brasileira. Está no mundo do video game desde o International Superstar Soccer, depois um longo tempo pelo Winning Eleven, passando por Pro Evolution Soccer e atualmente em FIFA. Depois de muitos anos atuando pelos gramados virtuais, descobriu o interesse pela leitura e escrita sobre futebol. Encontre-o pelo facebook e twitter.

12 COMENTÁRIOS

  1. Esses Legends são uma furada completa, a menos que o cara tenha muuuuuuuita grana e queira fazer uma graça. Jogadores com overal 86, custam 200k. Enquanto jogadores overal 84 NIF, saem por 2k.. E um 89 TOTY, sai por 120, 1404. É uma idéia muito legal, colocar Legends no jogo, mas primeiro, que 90% não são Legends porcaria nenhuma. E segundo, que são completamente supervalorizados. Não me atraem.

    • A questão dos legends passa pela questão da afinidade “in game” e também pela parte histórica. A lenda do próximo artigo, Shevchenko, foi o meu atacante mito na era Konami. É fato que temos muitos que não deveriam receber essa honra, mas o critério nem sempre é o futebolístico. Essa galera mais nova jamais trocaria um TOTS ou TOTY por uma lenda de verdade, ou seja, é bem subjetivo. Quais lendas você gostaria para compor o seu clube, Caio?

      • Pensando friamente é claro que o valor é exagerado como o Caio diz mas concordo com vc Hugo quando diz que é mais uma questão de afinidade. É muito legal poder voltar a jogar com jogadores da época que eramos adolescentes. Shevchenko era mito demais no WE11. Gostaria que fossem inseridas mais algumas como Ronaldo, Romário, Zidane, Beckham, Batistuta (que são os da minha época). Pq não o verdadeiro mito tbm RC? Hahaha.. Como migrei do PS pro Xone ainda não pude montar um time de legends, joguei apenas no draft e um cara legal de jogar foi o Crespo. EA poderia colocar mais cards legends pra girar no mercado e diminuir um pouco o preço como o Caio disse. Por exemplo, Pelé deveria ser mais ou menos equivalente ao CR7 e Messi. Praticamente impossível só com trade vc comprar um Pelé.
        Desculpe pelo texto longo. É pra compensar o tempo ausente haha. Abraço aos amigos criadores e adm do site.

  2. E a questão do Camp Nou e face scan do.Barça ser exclusivo de PES, o que acharam? Finalmente algo para tirar o sossego da EAids.

      • A La liga não seria exclusiva em FIFA 17? Isso é pouco perto dos infinitos argumentos que temos para os problemas do jogo, mas eu gostaria que a Konami não conseguisse fechar o negócio para o jogo ficar casa vez mais completo. Por outro lado, é um ponto para a concorrência.

        • É meio complicado. Mas de um modo geral parece que, ao contrário do negócio da BPL que fecharam há dois anos, os estádios não estão incluídos no pacote. Não sabemos ainda que contornos tem este acordo mas talvez só tenha a ver com o aspeto gráfico, marcadores, etc

  3. Dificil fazer uma coluna como essa Hugo! Me lembro desse Brehme, porém não muito…o mais engraçado, é que me faz lembrar dele uma outra coisa….

    BREHME + CERVEJA = BRAHMA CHOPP 🙂

    Desculpe, não tinha muito o que acrescentar, mas é engraçado..kkkk

      • É impossível não fazer. 🙂
        Queria aproveitar para apelar aos seguidores desta coluna para seguirem o Hugo nas redes sociais. Basta clicar nos banners que estão nesta página. É a única coisa que ele pede em troca de nos trazer quinzenalmente este conteúdo. Vamos lá!