Guia de Química para FIFA 15 Ultimate Team

83
Guia de Química para FIFA 15 Ultimate Team

 
 

O nosso guia de Química para FUT 15 é o maior que você irá encontrar. Nós efetuamos uma pesquisa profunda e descobrimos tudo o que há para contar sobre este tema.

Acreditamos que o nosso guia anterior já estava muito completo pelo que, uma vez que as alterações ao nível da química foram muito poucas relativamente a FUT 14, iremos manter basearmo-nos no mesmo guia mas com as devidas atualizações. Obviamente que também haverá espaço para material inédito, tal como uma explicação da química nas lendas, um capítulo sobre como escolher o estilo de química, uma análise às ligações das táticas e ainda um espaço para as IG stats.

Nós sabemos que este é um guia longo e que muitas pessoas não o lêem porque não querem conhecer todos os pormenores. Apenas o básico. Para eles, sintetizamos num único capítulo o essencial sobre este tema.

Porque química é extremamente importante em FIFA 15 Ultimate Team, certifique-se de que lê este guia.

 
 
 
Acesso Rápido

 
 
 
 

 
 
 
 

Química em Um Minuto

 

Para quem apenas quer ter umas noções básicas de química, nós criamos este curto capítulo onde poderá aprender o essencial.

A Química representa o quão bem um jogador irá estar em campo. Maiores valores de química correspondem a boas atuações, enquanto que baixos valores de química prejudicam as exibições dos jogadores. Ela repercute no jogo a familiaridade dos jogadores com o clube, com o posicionamento, com os colegas e com o treinador.

Existem dois tipos de química: a individual de cada jogador e a de equipa. Ambas influenciam os atributos dos jogadores antes dos jogos. A Química individual varia entre 0 e 10 e a Química da Equipa, que é a soma de todas as individuais, entre 0 e 100.

Para ter química máxima, você deverá colocar os seus jogadores na sua posição natural e ligá-los com colegas que tenham joguem no mesmo clube e tenham a mesma nacionalidade ou, em alternativa, que sejam apenas do mesmo clube, liga ou nacionalidade. Se não conseguir atingir a química máxima, poderá também ser bonificado por usar managers da mesma liga ou nacionalidade que os jogadores e por utilizar cartas de jogadores que adquiriu em pacotes ou que já tenham 10 jogos ao seu serviço.

As cores das ligações são indicadores meramente gráficos. O que lhe interessa a si é que todos os jogadores tenham a química individual o mais próxima de 10. Esse valor pode ser visualizado na própria carta de jogador no menu de equipa ativa.

Para melhores resultados, recomendamos vivamente que leia o guia até ao fim.

 
 

 
 
 
 

O que é a Química em FIFA 15 Ultimate Team ?

 

As nossas capacidades enquanto jogadores de FIFA, não são a única coisa importante para ganharmos um jogo. O rendimento em campo dos jogadores em particular, e da equipa em geral, depende directamente de três fatores:

  • Atributos dos jogadores;
  • Química;
  • Condição Física dos Jogadores;

 

A Química assume um papel fundamental na performance de uma equipa e por isso nunca deve ser desprezada. Ela representa o quão bem um jogador irá estar em campo. Maiores valores de química correspondem a boas atuações, enquanto que baixos valores de química prejudicam as exibições dos jogadores.

Ela avalia a saúde das relações de um clube. Ou seja, a química é o fator que repercute no jogo a familiaridade dos jogadores com o clube, com o posicionamento, com os colegas e com o treinador.

É fácil perceber que o rendimento de um jogador é superior se ele for integrado numa equipa apetrechada de colegas que conhece bem e de um bom treinador da mesma liga ou nacionalidade. Ainda mais fácil é de entender que um guarda-redes não irá jogar bem se for colocado no ataque.

No fundo, é isto que a química faz. Pega em todas estas situações, pesa o quanto elas podem prejudicar ou beneficiar o rendimento de uma equipa e transfere para as quatro linhas essa avaliação.

De um modo geral, em FIFA 15 Ultimate Team, a Química serve essencialmente para dar mais lógica ao jogo e para tornar mais complexa, desafiante e variada a construção de uma equipa.

 
 

 
 
 
 

Conceitos Básicos de Química em FIFA 15 Ultimate Team

 

A equipa deve ser construída à volta da química e não o oposto

A primeira ideia que se deve ter bem presente é a de que a química é extremamente importante para o sucesso de qualquer equipa. Em edições anteriores, a EA anunciava que “uma equipa de bronze com boa química pode vencer facilmente uma equipa de ouro sem química”. É por isso fulcral que a mesma seja tida em conta aquando do planeamento da nossa equipa.

Outro conceito importante, e que nem sempre é do conhecimento dos jogadores, é de que existem dois tipos de química: a individual de cada jogador e a de equipa.

Ambas influenciam o rendimento dos jogadores em campo. A Química individual varia entre 0 e 10 e a Química da Equipa entre 0 e 100. Os valores das químicas podem ser vistos no menu de equipa ativa, tal como demonstra a imagem abaixo:

 

Guia de Química para FUT 15

Menu de Equipa Ativa: 1- Química da Equipa; 2- Química Individual
Para ver a química individual necessita selecionar ‘Status’ abaixo do manager
Clique em cima da imagem para maximizá-la


 

Quando constrói uma equipa, química individual 10 deve ser o seu objetivo

Qualquer jogador deve ter por objetivo construir uma equipa com a maior química possível. Quanto mais alto o valor, melhor. A prioridade deve ser dada para uma química individual o mais próxima de 10. Se conseguir também uma química de equipa igual a 100, então estará a tirar o máximo rendimento dos seus jogadores.

A química de uma equipa depende exclusivamente das escolhas do jogador. Ela é maior ou menor consoante os jogadores que escolhidos para o onze inicial, consoante o manager que se senta no banco e consoante o posicionamento de cada um dos jogadores. Ou seja, ela varia de jogo para jogo.

 

Agora que já percebeu o que é a química, é altura de conhecer o seu efeito prático.

A química interfere diretamente com o potencial rendimento da uma equipa durante um jogo. Mais precisamente, com os atributos dos jogadores. Ou seja, no início de cada jogo, os atributos dos jogadores são afetados diretamente pela sua química individual e também pela química da equipa em função do estilo de química ativo.

 
 

 
 
 
 

O que Influencia a Química e Como Melhorá-la

 

A Química mede uma série de fatores que se consideram suficientemente importantes ao ponto de afetarem o rendimento de um jogador.

Eis o que influencia a Química de um jogador em FIFA 15 Ultimate Team:

  • Sua posição
  • Se ele está a jogar na sua posição natural

  • Sua relação com os outros jogadores
  • Se os colegas à volta dele têm a mesma nacionalidade ou jogam na mesma liga ou clube

  • Sua relação com o manager
  • Se o seu manager é da mesma liga ou nacionalidade

  • Sua lealdade ao clube
  • Se este foi o seu primeiro clube ou se já fez mais de dez jogos pelo mesmo

 
 
 

Posição do Jogador

 

Normalmente os jogadores estão habituados a jogar numa determinada posição mas podem adaptar-se a posições parecidas. É também isso que acontece em FUT 15.

Quanto ao posicionamento, um jogador pode estar numa das seguintes quatro situações:

  • Joga na sua posição natural
  • Joga numa posição muito parecida à sua posição natural
  • Joga numa posição com algumas semelhanças à sua posição natural
  • Joga numa posição muito diferente da sua posição natural

 

A posição natural de um jogador está inscrita na sua carta. A posição onde ele está efetivamente a jogar está indicada no menu de equipa ativa.
A primeira das situações refere-se a quando ambas as posições são iguais. É a situação ótima e que por isso mais beneficia a química.
Quando um jogador é colocado a jogar numa posição que lhe é totalmente estranha, a química é fortemente afetada negativamente. Os guarda-redes são bons exemplos disso. Eles apenas podem jogar bem na sua baliza. São os únicos jogadores que não se adaptam a mais nenhuma posição.

Para saber a que posições um jogador se pode adaptar, consulte a tabela do capítulo de cálculo de química em FIFA 15 Ultimate Team.

Quando a posição em que um jogador está a jogar não é a sua posição natural, é possível fazê-las corresponder através da aplicação de uma carta de modificação de posição. Estas cartas apenas podem ser aplicadas com sucesso se nelas constar a posição natural do jogador e a posição onde está a atuar. Pode aprender mais sobre este assunto aqui.

 

Guia de Química para FIFA 14 Ultimate Team - Posições

O posicionamento de um jogador em campo é representado graficamente no menu de equipa ativa por um ícone abaixo da carta do jogador: verde se joga na sua posição natural, laranja se joga adaptado a uma outra posição semelhante e vermelho se joga numa posição muito diferente da natural.


 
 
 

Relação com os outros Jogadores

 

Quanto mais elementos em comum houver entre um jogador e os seus colegas, mais beneficiada sai a química e melhor será o seu rendimento. A ligação entre dois jogadores colocados um ao lado do outro pode ser classificada, relativamente à sua intensidade, de uma das seguintes quatro maneiras:

  • Inexistentes
    Se a ligação une dois jogadores com diferentes nacionalidades, diferentes clubes e diferentes ligas (por exemplo, Ronaldo e Hulk);
  • Fracas
    Se a ligação une dois jogadores da mesma nacionalidade e de ligas diferentes OU da mesma liga mas de diferentes clubes (por exemplo, Aguero e Messi);
  • Fortes
    Se a ligação une dois jogadores da mesma nacionalidade e liga mas de clubes diferentes OU se une dois jogadores do mesmo clube (por exemplo, Pique e Sergio Ramos);
  • Hiper
    Se a ligação une dois jogadores da mesma nacionalidade e clube (por exemplo, Van Persie e Blind)

 

Guia de Química para FIFA 15 Ultimate Team - Ligações

Cor das ligações: verde para hiper ou fortes, laranja para fracas e vermelhas para inexistentes.


 

As ligações inexistentes são as mais fracas e consequentemente as mais penalizadoras a nível de química. As ligações hiper são as mais fortes e por isso as mais compensadoras a nível de química.

Independentemente da tática da equipa, um jogador tem de estar ligado a 2, 3, 4, 5, 6 ou 7 colegas. Quanto maior for a intensidade dessas ligações, maior será a química individual do jogador.

É por isso que a maior parte das equipas de FUT 15 são construídas baseadas numa liga ou numa nacionalidade. Com isso consegue-se eliminar as ligações inexistentes e garantir uma química elevada.

Também a relação dos jogadores pode ser melhorada mas, para isso, é necessário um ajustamento do plantel. Antes de alguém comprar jogadores para a sua equipa, deve verificar a intensidade das ligações que vai obter. Se as mesmas forem suficientemente fracas ao ponto de afetarem a química, deve encontrar jogadores que combinem melhor relativamente à nacionalidade, liga ou clube.

Qualquer jogador joga da mesma forma com todos os colegas independentemente de ter ligações de diferentes cores

A intensidade da ligação entre dois jogadores é meramente uma representação gráfica. Não significa que esses jogadores, em particular, joguem melhor entre si se a ligação for verde ou joguem pior se a ligação for vermelha. O que interessa para a química individual é a soma das intensidades das ligações que um dado jogador tem. O que é afetado são os atributos de cada jogador e não necessariamente a relação dele com os colegas.

 
 
 

Relação com o Manager

 

O papel de um manager não se resume apenas a maximizar a duração dos contratos. Ele pode contribuir com um ponto de química para cada um dos jogadores.

Existem duas características de um manager que influenciam a química individual de um jogador:

  • A sua nacionalidade
  • A sua liga

 

Em FUT 15, o manager não influencia diretamente a química da equipa. Ele fá-lo à química individual

Um manager que se consiga fazer entender tem mais probabilidades de sucesso do que um com más relações com os jogadores. É por isso que a química sai beneficiada se a nacionalidade ou/e a liga do manager for igual ao do maior número de jogadores possível do onze inicial.

Tanto a nacionalidade como a liga do manager e dos jogadores encontram-se inscritas nas respetivas cartas.

Para obter o bónus de química que um manager dá, os jogadores devem tentar corresponder a liga ou nacionalidade do manager com as ligas e nacionalidades do maior número de jogadores do onze inicial. Porém, isto nem sempre é totalmente verdade. Por exemplo: se numa equipa, todos os jogadores excepto um tiverem a mesma liga e já possuirem química individual 10, será melhor fazer corresponder a liga do manager com a liga do único jogador que não tem química máxima.

Para fazer com que as ligas se correspondam, aplica-se uma carta de modificação de liga ao manager. Pode aprender mais sobre este assunto aqui.

 

Guia de Química para FIFA 15 Ultimate Team - Química dos Managers

O bónus do manager é representado através de um ícone na carta do jogador. Um ícone verde significa que o jogador está a receber o bónus porque tem, pelo menos, a mesma nacionalidade ou a mesma liga do manager.


 
 
 

Lealdade com o Clube

 

A lealdade foi criada com o objetivo de recompensar os jogadores que abram pacotes ou que mantenham os jogadores na sua equipa por um determinado período de tempo. Quando um jogador realiza dez jogos no mesmo clube ou é utilizado após ter saído num pacote sem que tenha sido transferido, recebe um bónus na sua química individual. Ele apenas necessita de uma dessas duas coisas para obter o bónus.

É muito fácil se conseguir este bónus. Mesmo para quem não costume comprar pacotes, basta que o jogador participe em dez encontros diferentes.

 

FIFA 15 Ultimate Team Chemistry Guide - Bónus de Lealdade

O bónus de lealdade é representado através de um ícone na carta do jogador. Um ícone verde significa que o jogador está a receber o bónus porque tem, pelo menos, dez partidas efetuadas no presente clube ou porque este é o seu primeiro proprietário.


 
 

 
 
 
 

Como calcular a Química em FIFA 15 Ultimate Team

 

A forma como é calculada a química é provavelmente o segredo mais bem guardado de FIFA 15 Ultimate Team.

Nós propomo-nos desvendá-lo.

 
 
 

Efeito da Química no Jogo

 

Em primeiro lugar é importante saber que o valor da química utilizada em jogo é uma média ponderada da química individual (75%) e da química da equipa (25%).

Ao contrário do que muita gente pensa, ter 10’s nas químicas individuais é muito mais importante do que ter 100 na química da equipa. Até porque a química individual não só pesa três quartos da química utilizada em jogo como ainda afeta diretamente a química da equipa, como veremos de seguida.

Por outras palavras, pode-se dizer que os atributos com que cada jogador entra em campo dependem diretamente da química individual desse jogador e parcialmente da química da equipa. A seguinte equação mostra como é que, para cada jogador, a química in game é calculada:

Química = (Química Individual x 0.75) + (Química da Equipa x 0.25)

 

Por exemplo: um jogador com química individual 10 numa equipa com química 90 jogará melhor que um jogador com química individual 9 numa equipa com química 100 (9.75 > 9.25).

 
 
 

Cálculo da Química da Equipa

 

A Química da Equipa representa a soma de todas as química individuais de uma equipa. Ela varia entre 0 e 100 e pode ser calculada através da seguinte fórmula:

QE = QI1 + QI2 + … + QI11

em que
QE é a química da equipa
QI é a química individual de um jogador (ver mais à frente)

Esta fórmula permite que a química de uma equipa atinja os 110. Porém, em termos práticos, qualquer valor que seja superior a 100 tem o mesmo efeito que 100.

 
 
 

Cálculo da Química Individual de um Jogador

 

A Química Individual de um jogador varia entre 0 e 10 e pode ser calculada através da seguinte fórmula:

QI = QPL + BM + BL


em que
QI é a química individual de um jogador
QPL é a química de posicionamento e das ligações
BM é o bónus do manager
BL é o bónus de lealdade

Esta fórmula permite que a química de um jogador atinja os 12. Porém, em termos práticos, qualquer valor que seja superior a 10 tem o mesmo efeito que 10. O facto de permitir que na teoria a química ultrapasse os 10, permite que hajam outras combinações para se alcançar a química máxima e consequentemente uma maior diversidade de equipas com boas químicas.

 
 

Química de Posicionamento e de Ligações (QPL)

 

QPL depende do posicionamento do jogador em campo e das ligações que tem com os colegas. Ela varia entre 0 e 10 e pode ser conhecida através da seguinte tabela:

Guia de Química para FIFA 15 Ultimate Team

QPL em função do posicionamento e das ligações


 

As colunas correspondem às quatro categorias do posicionamento de um jogador: vermelha se joga numa posição muito diferente da posição natural; laranja se joga numa posição com algumas semelhanças à sua posição natural; amarelo se joga numa posição muito parecida à sua posição natural; e verde se joga na sua posição natural.

A tabela seguinte mostra todas as combinações de posicionamentos possíveis:

Guia de Química para FIFA 15 Ultimate Team

 

As linhas correspondem ao valor de L calculado da seguinte forma:

L = Soma dos Valores Numéricos das Ligações / Número de Ligações

em que
Número de Ligações é o número de colegas a que um jogador está ligado
Valor Numérico das Ligações mede a intensidade das ligações de um jogador com os colegas de equipa de acordo com:

    3 (Ligações Hiper – Verde)
    Mesma Nacionalidade e Clube
    2 (Ligações Fortes – Verde)
    Mesmo Clube mas diferente Nacionalidade
    Mesma Nacionalidade e Liga mas diferente Clube
    1 (Ligações Fracas-Laranja)
    Mesma Liga e diferente Nacionalidade e Clube
    Mesma Nacionalidade mas diferente Liga
    0 (Ligações Inexistentes – Vermelho)
    Diferente Clube, Liga e Nacionalidade

 
 

Bónus do Manager (BM)

Os Managers principais aumentam a química individual em um ponto a todos os jogadores que tenham a mesma nacionalidade ou que joguem na mesma liga que ele.

Porém, o aumento da química individual a jogadores que tenham a mesma nacionalidade e joguem na mesma liga do manager é 1. O bónus não pode ser superior a este valor, pelo que não é importante fazer corresponder as ligas e as nacionalidades num mesmo jogador.

 
 

Bónus de Lealdade (BL)

A lealdade aumenta a química individual em um ponto a todos os jogadores que tenham sido diretamente adquiridos através de um pacote ou que tenham realizado mais de dez jogos no clube.

Porém, o aumento de química individual a jogadores que tenham jogado 10 partidas pelo seu primeiro dono é de apenas 1. O bónus não pode ser superior a este valor, pelo que fazer cumprir estas duas condições num mesmo jogador não é importante.

 
 
 

Química das Lendas

 

As Lendas também necessitam de boa química para jogarem no máximo do seu potencial. Uma vez que elas não têm associado a si uma liga ou um clube, existem ligeiras diferenças em como a química é calculada.

Basicamente, elas ligam bem com outras lendas, tal como os outros jogadores ligam com os seus colegas de clube. É como se ser lenda fosse um clube. Infelizmente, elas não pertencem a uma liga, o que faz com que obter boa química seja algo muito mais complexo. Assim sendo, os valores de ligação de uma lenda são:

    3 (Ligações Hiper – Verde)
    Lenda da mesma nacionalidade
    2 (Ligações Fortes – Verde)
    Lenda de outra Nacionalidade
    1 (Ligações Fracas-Laranja)
    Jogador não-Lenda da mesma Nacionalidade
    0 (Ligações Inexistentes – Vermelho)
    Jogador não-Lenda de outra Nacionalidade

Os bónus do manager e de lealdade funcionam do mesmo modo para as Lendas. Existe uma carta de mudança de liga do manager chamada ‘Legends’ que pode ser usada para garantir o ponto extra de química a cada uma das suas lendas. Se não possuir mais nenhuma lenda e se tiver uma ligação inexistente, irá necessitar destes bónus para atingir a química máxima.

 
 
 

Exemplo de Cálculo de Química em FIFA 15 Ultimate Team

 

O cálculo da química de uma equipa é demasiado óbvio mas, de modo a não subsistirem dúvidas, iremos calcular a química individual de um jogador.

Imagine que queremos colocar Messi como LM na nossa equipa 4-4-2 baseada na BBVA. Qual a química individual máxima que ele poderá alcançar ?

A primeira coisa a fazer é ver na tabela das posições quais as que têm algo a ver com a LM. Ao aplicarmos cartas de posição CF-CAM e CAM-CM tornámo-lo num médio, uma posição relacionada ligeiramente com a LM (laranja). Ele possui duas ligações fortes (mesmo clube que Xavi e Alba) e uma ligação fraca (mesma liga que Benzema), em três ligações possíveis. Isto significa que L = (2+2+1)/3 > 1.6. Logo, procurando na coluna laranja da tabela das QPL, obtemos que a química de Messi é 5, antes de lhe serem aplicados os bónus. Ele nem precisava de ligações tão boas uma vez que o intervalo anterior de L lhe atribuía a mesma química. Com um manager da BBVA e com um histórico de pelo menos 10 jogos no clube, o astro Argentino recebe outros dois pontos de química passando a totalizar 7.

 

Guia de Química para FIFA 15 Ultimate Team

 

Você pode também utilizar esta calculadora para descobrir a química de equipa, ou esta para a química individual.

 
 
 
 

 
 

Que Química Pode Ser Alcançada

 

Nós já explicamos como calcular a química mas, para os mais preguiçosos, adicionamos este capítulo onde mostramos algumas conclusões interessantes, diretamente e sem necessidade de qualquer cálculo.

Uma das perguntas mais comuns tem a ver com o máximo de química que um jogador pode ter quando joga fora da sua posição natural. A resposta é dada na tabela abaixo. Basta cruzar a posição natural com a que ele foi colocado a jogar para se encontrar a química individual. Estes valores não incluem o bónus do manager e o bónus de lealdade, pelo que poderão ainda ser somados mais dois pontos.
No caso do exemplo que demos com o Neymar, é possível confirmar na tabela que a sua química a jogar como LM não pode exceder os 7 pontos, após se ter adicionado os dois pontos de bónus.

 

POSIÇÃO NATURALPOSIÇÃO ONDE O JOGADOR ESTÁ A JOGAR
GKRBCBLBRWBLWBCDMCMCAMRMLMRWLWCFRFLFST
GK102222222222222222
RB210559222252222222
CB251052252222222222
LB255102922225222222
RWB292210522252522222
LWB222951022225252222
CDM225222109522222222
CM222222910955222222
CAM222222591022229222
RM252252252105922522
LM222525252510292252
RW222252222921052922
LW222225222295102292
CF222222229222210559
RF222222222529251055
LF222222222252955105
ST222222222222295510

 

Outra informação que os jogadores de FUT 15 gostam de conhecer diz respeito à forma como pode ser alcançada a química individual máxima. As condições a cumprir são as seguintes:

  • Jogadores na posição correta com o bónus do manager ou o bónus de lealdade
  • A soma dos valores numéricos das ligações tem de ser igual ou superior ao número de ligações

  • Jogadores na posição correta que não beneficiem de bónus
  • A soma dos valores numéricos das ligações tem de ser 1.6 vezes superior ao número de ligações

  • Jogadores na posição aproximada com o bónus do manager ou o bónus de lealdade
  • A soma dos valores numéricos das ligações tem de ser 1.6 vezes superior ao número de ligações

  • Jogadores na posição aproximada com o bónus do manager e o bónus de lealdade
  • A soma dos valores numéricos das ligações tem de ser igual ou superior ao número de ligações

 
 
 
 

 
 

Estilos de Química em FIFA 15 Ultimate Team

 

Os estilos de química são algo introduzido apenas em FUT 15. Pode parecer um pouco complicado no início mas nós estamos cá para lhe mostrar que é mais simples do que a maioria dos jogadores pensa.

 
 

Introdução aos Estilos de Química

 

Os estilos de química são cartas consumíveis. Tal como qualquer outra carta, podem ser adquiridos no mercado de transferências ou obtidos em pacotes.

Em FUT 13, o bónus resultante da química era atribuído indiferenciadamente a todos os atributos. Em FUT 14 e FUT 15, os jogadores passaram a receber esse incremento apenas em alguns atributos e de acordo com o estilo de química ativo. Estas cartas podem ser aplicadas aos jogadores de modo a afinar o seu estilo de jogo e a ajustá-lo às necessidades da equipa.

Os estilos de química apenas permitem aos jogadores escolher que atributos são afetados pela química

As cartas de estilos de química não mudam os valores da química. Ou seja, o jogador passa a determinar a distribuição dos bónus pelos atributos que considerar mais importantes num determinado jogador. Os bónus de química melhoram as capacidades dos jogadores dentro de campo.

Cada uma destas cartas apenas pode ser usada uma vez. Após ter sido aplicada, a carta desaparece. As carta de estilos de química podem ser aplicadas num mesmo jogador quantas vezes entendermos. Porém, em cada momento, apenas um estilo de química estará ativo. Ou seja, o seu efeito não é acumulável. Tal como acontece com as cartas de posição, o seu efeito é permanente até que uma nova carta seja aplicada no jogador. Quando um jogador é transacionado no mercado de transferências, o estilo de química que estava ativo antes da transação mantém-se para o comprador.

Existem 24 estilos de química diferentes: 19 para os jogadores de campo e 5 para os guarda-redes. É possível verificar-se o efeito de cada uma destas cartas na tabela que está no final deste capítulo (ver ‘química 10’). Um estilo de química de um jogador de campo pode ser aplicado a qualquer jogador de campo, independentemente de se tratar de um defesa, médio ou atacante. Porém, o estilo de química de um guarda-redes é exclusivo dos guarda-redes e os estilos de química dos jogadores de campo não podem ser utilizados nos guarda-redes. Os estilos de química podem ser aplicados em qualquer jogador, independentemente da sua categoria ou tipo. Ou seja, é possível usar estas cartas em jogadores In Form, nas quais se incluem as Lendas.

Você pode ler mais sobre as cartas estilos de química aqui.

 
 
 

O Significado das Setas

 

Há duas informações nas cartas de jogador que dizem respeito aos estilos de química. A primeira é o nome do estilo de química que está ativo nesse jogador. A segunda são pequenas setas que indicam em que atributos a química incide, qual a grandeza desse potencial incremento e qual o aumento efetivo.

Estas setas podem ser brancas ou verdes. Uma seta branca indica um possível aumento que não está a ser recebido em virtude do jogador não ter química suficiente. Uma seta verde indica que o atributo em causa está efetivamente a ser aumentado. Quantas mais setas num determinado atributo, maior é o potencial aumento do mesmo. Quantas mais setas verdes num determinado atributo, maior será o aumento do mesmo.

Existem 24 estilos de química, cada qual com seis setas que são alocadas a diferentes atributos, tornado cada estilo único. Quando um jogador é lançado numa carta, o seu estilo de química é o Básico (BAS), o estilo inicial. Significa que qualquer um dos seis atributos será beneficiado do mesmo modo com uma seta. Uma única seta verde dá um pequeno aumento ao atributo associado, duas dão um aumento médio e três dão o aumento máximo. Para os estilos de química que afetam três atributos, o máximo de incremento possível para cada um deles são duas setas. Para os estilos de química que afetam dois atributos, o máximo de incremento possível para cada um deles são três setas.

O objetivo de qualquer jogador deveria ser o de conseguir que todas as setas fossem verdes. Para que isso aconteça, é necessária química máxima, como iremos ver mais à frente. Em cada carta de jogador, não podem existir mais de seis setas verdes.

 

O Mais Completo Guia de Química para FIFA 15 Ultimate Team

Na primeira imagem, a da esquerda, o jogador tem seis setas brancas, uma por cada estilo. Significa que todas as stats serão beneficiadas do mesmo modo mas que, de momento, o jogador não tem química suficiente para o fazer. Na segunda imagem, o jogador tem química máxima, ou seja, o bónus será atribuído a todos os atributos. Na terceira imagem, o estilo de química aplicado pode vir a dar um bónus médio a três atributos enquanto que na quarta imagem o estilo de química aplicado pode vir a dar o bónus máximo a dois atributos.


 
 
 

Como Conseguir Setas Verdes

Como já aqui explicamos, para se obter setas verdes o jogador tem de ter química elevada. Mas quanto ? Para conhecer a relação entre a química e as setas verdes, consulte a seguinte tabela:

 

QUÍMICA109876543210
SETAS VERDES65432100000


 

Como facilmente se constata, quanto maior for a química, maiores são os bónus a atribuir aos atributos dos jogadores. Por consulta da tabela, podemos concluir, por exemplo, que um jogador com química 7 irá perder metade dos bónus. Do mesmo modo, se ele apenas tiver química 4, não faz sentido aplicar nenhum estilo de química pois nenhum atributo será melhorado. Para valores de química inferiores a 4, os atributos do jogador serão penalizados. Essa penalização será inversamente proporcional à química.

Certamente já percebeu que, para químicas abaixo dos 10, haverão menos atributos bonificados. Mas que atributos são afetados por químicas mais baixas ? Num jogado com estilo básico e química 9, que stat irá perder o seu bónus ? A resposta é dada na seguinte tabela:

 

QUÍMICA 10
DIVHANKICREFSPDPOS
BASIC GKBASGKMIN+1+1+1+1+1+1
CATCATGKMED+2+2+2
GLOVEGLOGKMED+2+2+2
SHIELDSLDGKMED+2+2+2
WALLWALGKMED+2+2+2
PACSHOPASDRIDEFPHY
BASIC PLAYERBASMIN+1+1+1+1+1+1
SENTINELSEMDEFMAX+3+3
GUARDIANGRDDEFMAX+3+3
GLADIATORGLADEFMAX+3+3
BACKBONEBACDEFMED+2+2+2
ANCHORANCDEFMED+2+2+2
ARTISTARTMIDMAX+3+3
ARCHITECTARCMIDMAX+3+3
POWERHOUSEPWRMIDMAX+3+3
MAESTROMAEMIDMED+2+2+2
ENGINEENGMIDMED+2+2+2
SNIPERSNIATTMAX+3+3
DEADEYEDEAATTMAX+3+3
HAWKHWKATTMED+2+2+2
MARKSMANMRKATTMED+2+2+2
FINISHERFINATTMAX+3+3
HUNTERHUNSPEMAX+3+3
CATALYSTCTASPEMAX+3+3
SHADOWSHASPEMAX+3+3
QUÍMICA 9
DIVHANKICREFSPDPOS
BASIC GKBASGKMIN+1+1+1+1+1
CATCATGKMED+1+2+2
GLOVEGLOGKMED+1+2+2
SHIELDSLDGKMED+1+2+2
WALLWALGKMED+1+2+2
PACSHOPASDRIDEFPHY
BASIC PLAYERBASMIN+1+1+1+1+1
SENTINELSEMDEFMAX+2+3
GUARDIANGRDDEFMAX+2+3
GLADIATORGLADEFMAX+2+3
BACKBONEBACDEFMED+1+2+2
ANCHORANCDEFMED+1+2+2
ARTISTARTMIDMAX+2+3
ARCHITECTARCMIDMAX+2+3
POWERHOUSEPWRMIDMAX+2+3
MAESTROMAEMIDMED+1+2+2
ENGINEENGMIDMED+1+2+2
SNIPERSNIATTMAX+2+3
DEADEYEDEAATTMAX+2+3
HAWKHWKATTMED+1+2+2
MARKSMANMRKATTMED+1+2+2
FINISHERFINATTMAX+2+3
HUNTERHUNSPEMAX+2+3
CATALYSTCTASPEMAX+2+3
SHADOWSHASPEMAX+2+3
QUÍMICA 8
DIVHANKICREFSPDPOS
BASIC GKBASGKMIN+1+1+1+1
CATCATGKMED+1+2+1
GLOVEGLOGKMED+1+2+1
SHIELDSLDGKMED+1+2+1
WALLWALGKMED+1+2+1
PACSHOPASDRIDEFPHY
BASIC PLAYERBASMIN+1+1+1+1
SENTINELSEMDEFMAX+2+2
GUARDIANGRDDEFMAX+2+2
GLADIATORGLADEFMAX+2+2
BACKBONEBACDEFMED+1+2+1
ANCHORANCDEFMED+1+2+1
ARTISTARTMIDMAX+2+2
ARCHITECTARCMIDMAX+2+2
POWERHOUSEPWRMIDMAX+2+2
MAESTROMAEMIDMED+1+2+1
ENGINEENGMIDMED+1+2+1
SNIPERSNIATTMAX+2+2
DEADEYEDEAATTMAX+2+2
HAWKHWKATTMED+1+2+1
MARKSMANMRKATTMED+1+2+1
FINISHERFINATTMAX+2+2
HUNTERHUNSPEMAX+2+2
CATALYSTCTASPEMAX+2+2
SHADOWSHASPEMAX+2+2
QUÍMICA 7
DIVHANKICREFSPDPOS
BASIC GKBASGKMIN+1+1+1
CATCATGKMED+1+1+1
GLOVEGLOGKMED+1+1+1
SHIELDSLDGKMED+1+1+1
WALLWALGKMED+1+1+1
PACSHOPASDRIDEFPHY
BASIC PLAYERBASMIN+1+1+1
SENTINELSEMDEFMAX+1+2
GUARDIANGRDDEFMAX+1+2
GLADIATORGLADEFMAX+1+2
BACKBONEBACDEFMED+1+1+1
ANCHORANCDEFMED+1+1+1
ARTISTARTMIDMAX+1+2
ARCHITECTARCMIDMAX+1+2
POWERHOUSEPWRMIDMAX+1+2
MAESTROMAEMIDMED+1+1+1
ENGINEENGMIDMED+1+1+1
SNIPERSNIATTMAX+1+2
DEADEYEDEAATTMAX+1+2
HAWKHWKATTMED+1+1+1
MARKSMANMRKATTMED+1+1+1
FINISHERFINATTMAX+1+2
HUNTERHUNSPEMAX+1+2
CATALYSTCTASPEMAX+1+2
SHADOWSHASPEMAX+1+2
QUÍMICA 6
DIVHANKICREFSPDPOS
BASIC GKBASGKMIN+1+1
CATCATGKMED+1+1
GLOVEGLOGKMED+1+1
SHIELDSLDGKMED+1+1
WALLWALGKMED+1+1
PACSHOPASDRIDEFPHY
BASIC PLAYERBASMIN+1+1
SENTINELSEMDEFMAX+1+1
GUARDIANGRDDEFMAX+1+1
GLADIATORGLADEFMAX+1+1
BACKBONEBACDEFMED+1+1
ANCHORANCDEFMED+1+1
ARTISTARTMIDMAX+1+1
ARCHITECTARCMIDMAX+1+1
POWERHOUSEPWRMIDMAX+1+1
MAESTROMAEMIDMED+1+1
ENGINEENGMIDMED+1+1
SNIPERSNIATTMAX+1+1
DEADEYEDEAATTMAX+1+1
HAWKHWKATTMED+1+1
MARKSMANMRKATTMED+1+1
FINISHERFINATTMAX+1+1
HUNTERHUNSPEMAX+1+1
CATALYSTCTASPEMAX+1+1
SHADOWSHASPEMAX+1+1
QUÍMICA 5
DIVHANKICREFSPDPOS
BASIC GKBASGKMIN+1
CATCATGKMED+1
GLOVEGLOGKMED+1
SHIELDSLDGKMED+1
WALLWALGKMED+1
PACSHOPASDRIDEFPHY
BASIC PLAYERBASMIN+1
SENTINELSEMDEFMAX+1
GUARDIANGRDDEFMAX+1
GLADIATORGLADEFMAX+1
BACKBONEBACDEFMED+1
ANCHORANCDEFMED+1
ARTISTARTMIDMAX+1
ARCHITECTARCMIDMAX+1
POWERHOUSEPWRMIDMAX+1
MAESTROMAEMIDMED+1
ENGINEENGMIDMED+1
SNIPERSNIATTMAX+1
DEADEYEDEAATTMAX+1
HAWKHWKATTMED+1
MARKSMANMRKATTMED+1
FINISHERFINATTMAX+1
HUNTERHUNSPEMAX+1
CATALYSTCTASPEMAX+1
SHADOWSHASPEMAX+1


 

Não existe uma informação exata sobre o quanto é que cada seta afeta nas stats dos jogadores

Tome em atenção que os números desta tabela correspondem à quantidade de setas verdes. Não significa necessariamente o número de pontos em que um atributo será melhorado. Não existe nenhuma informação sobre a quantos pontos de atributos corresponde uma seta.

Os bónus indicados nesta tabela apenas se referem aos seis atributos básicos. Porém, todas as outras stats são também afetadas pelo aumento que houver nestes atributos. Por exemplo: se o atributo velocidade tiver sido bonificado pela química em virtude do estilo ativo, o sprint e a aceleração também serão melhorados.

Se quer saber exatamente quais as in-game stats que são afetadas e em que proporção, atente à seguinte relação:

    Pace
    Sprint Speed 0,55
    Acceleration 0,45

    Shooting
    Finishing 0,45
    Long Shots 0,2
    Shot Power 0,2
    Att. Positioning 0,05
    Penalties 0,05
    Volleys 0,05
    Passing
    Short Pass 0,35
    Vision 0,2
    Crossing 0,2
    Long Pass 0,15
    Curve 0,05
    FK Acc 0,05
    Dribbling
    Dribbling 0,5
    Ball Control 0,35
    Agility 0,1
    Balance 0,05
    Defending
    Marking 0,3
    Stand Tackle 0,3
    Interceptions 0,2
    Heading Acc 0,1
    Slide Tackle 0,1
    Physical
    Strength 0,5
    Stamina 0,25
    Aggression 0,2
    Jumping 0,05

 
 
 
 
 
 

Exemplo de Estilo de Química

 

De modo a eliminar qualquer dúvida que subsista, olhemos para um exemplo.

Imagine que numa equipa com química 100, temos um jogador com química individual máxima e com o estilo maestro ativo. Três dos seus atributos serão melhorados moderadamente e outros três manter-se-ão iguais. Imagine agora que alteramos a nossa equipa e que na nova posição ele apenas fica com química 6. Em vez das seis setas verdes, ele apenas fica com uma para o drible e outra para o passe (verifique na tabela). Nestas condições, aplicar uma carta de estilo de química ‘Engine’ de nada servirá, tal como pode verificar pelas imagens abaixo.

 

O Mais Completo Guia de Química para FIFA 15 Ultimate Team

Primeira Imagem: jogador com química 10 e com estilo de química ‘Maestro’
Segunda Imagem: jogador com química 6 e com estilo de química ‘Maestro’
Terceira Imagem: jogador com química 6 e com estilo de química ‘Engine’


 

Não ter química máxima é extremamente penalizador no modo como o jogador atua. É por isso que recomendamos sempre uma química individual 10 para todos os jogadores. Porém, se tal não for possível, há que tentar evitar químicas individuais abaixo de 8.

 
 
 

Como Escolher o Estilo de Química

 

Escolher o estilo de química certo depende de muitos fatores. É uma escolha difícil que terá de ser você a fazer. Tenha em atenção aos seguintes aspectos:

    Preço
    Este é provavelmente o fator mais ignorado na altura de artilhar os jogadores com o estilo de química que julgamos ser o mais acertado. Porém, para equipas com orçamentos muito apertados,
    é necessário ter em atenção que os preços das cartas de estilos de química variam entre as 150 e as 7.000 coins. Nunca pretira ter o jogador que quer só para poder aplicar o estilo de química mais ajustado aos jogadores da sua equipa. Veja estas cartas apenas como uma afinação.
    Convém também clarificar que um estilo de química mais caro não significa propriamente que seja melhor. Ou seja, o preço não deve ser um fator de escolha mas sim de restrição. As cartas Hunter, Shadow e Hawk são as mais caras. O estilo Basic, o mais barato de todos, é frequentemente a melhor opção.
    Posição
    A posição que um jogador ocupa em campo é o fator mais importante na escolha do seu estilo de química. Embora não seja obrigatório, na esmagadora maioria das vezes são aplicados estilos defensivos aos defesas (Sentinel, Guardian, Gladiator, Backbone e Anchor), estilos atacantes aos avançados (Sniper, Deadeye, Hawk, Marksman e Finisher) e estilos com caraterísticas intermédias aos médios (Artist, Architect, Powerhouse, Maestro e Engine). Os cinco estilos de guarda-redes apenas podem ser aplicados aos jogadores que jogam nesta posição.
    Regra geral, aplicar um estilo de química de acordo com a posição é um bom procedimento desde que esteja em consonância com os restantes fatores.
    Tática
    A tática utilizada assume particular importância na escolha de um estilo de química. Jogadores que atuem na mesma posição mas em táticas diferentes têm necessidades diferentes. Tomemos o exemplo dos defesas centrais. Se jogarem num sistema 4xx, a velocidade é uma grande mais valia. Porém, para um defesa do meio numa tática 5xx é muito mais importante o cabeceamento e as capacidades defensivas.
    Ao escolher-se um estilo de química deve-se analisar cuidadosamente as funções que cada jogador desempenha numa determinada tática.
    Estilo de Jogo
    Não há duas pessoas iguais. E como tal, ninguém joga FIFA do mesmo modo. Há quem jogue melhor e há quem jogue pior. Há quem goste mais de atacar pela ala e há quem goste mais de jogar pelo meio. Há quem prefira contra ataques e há quem não abdique da posse de bola. Nem todas estas preferências se repercutem nas táticas que escolhemos. Ou seja, duas pessoas com a mesma tática e os mesmos jogadores podem fazer uso deles de um modo diferente.
    Ao escolher-se um estilo de química deve-se analisar cuidadosamente as funções que cada jogador desempenha de acordo com o nosso estilo de jogo.
    Atributos dos Jogadores
    Também os jogadores são todos diferentes uns dos outros pelo que é impossível aplicar um estilo de química apenas baseado nos fatores que enunciamos acima. É necessário conhecer não só os atributos mas também os work rates dos jogadores para definirmos, em conjunto com os outros fatores, os bónus que os jogadores mais necessitam.
    Uma das perguntas mais comuns relativas a este tema tem a ver com a abordagem que se deve fazer: é preferível bonificar os atributos mais desfavoráveis de modo a equilibrar um jogador ou é preferível potenciar ainda mais os atributos mais fortes de um jogador de modo a que ele se destaque ainda mais da concorrência ? A resposta não é linear. Regra geral opta-se pela segunda opção, uma vez que em virtude da posição em que joga os melhores atributos de um jogador já são normalmente aqueles que são os mais importantes. Por exemplo: Messi é muito fraco na defesa porque esse atributo de pouco lhe vale na posição em que atua. É por isso natural que se tente melhorar outros atributos que tenham a ver com aspetos ofensivos.
    Mas nem sempre deve ser assim. Quando um jogador atua numa posição e numa tática em que a importância entre os vários atributos não é tão desnivelada, pode ser melhor tentarmos equilibrar o jogador. Tome-se o exemplo do guarda-redes Diego Alves. Ele é um dos mais impressionantes de FUT 15 mas não é mais vezes escolhido porque possui um medíocre posicionamento. Faz todo o sentido que se abdique de melhorar ainda mais os seus fantásticos reflexos e mergulho e se aplique uma carta que lhe melhore a sua posição.
    A escolha de um estilo de química em função dos atributos dos jogadores é de certa forma uma escolha pessoal. Varia muito em função da pessoa que o faz.

     

    Temos a certeza de que, mesmo depois das nossas dicas de como selecionar o estilo de química certo, muitas pessoas continuam com dificuldade em fazer essa escolha. Se é o seu caso, não se preocupe pois vamos ajudá-lo.

    Uma vez que o preço do estilo de química não é normalmente proibitivo para a maioria dos jogadores e uma vez que o tipo de jogo é algo muito pessoal e que é impossível indicarmos o estilo acertado para cada jogador, restringimos as seguintes sugestões ao posicionamento em campo. Lembramos que tratam-se apenas disso mesmo, sugestões, e que as mesmas deveriam depender de outros fatores que não nos é possível medir.

      GK
      Guia de Consumíveis para FIFA 15 Ultimate Team

      Na nossa opinião, a importância dos os seis atributos de um guarda-redes seguem a seguinte ordem: reflexos, mergulho, jogo de mãos, posicionamento, rapidez e jogo de pés. Sendo assim, e uma vez que não existe nenhum estilo de química que bonifique simultaneamente os reflexos e o mergulho, a nossa escolha vai para carta ‘Glove’ que aumenta o mergulho, o jogo de mãos e o posicionamento.

      Todas as outras cartas bonificam pelo menos a rapidez ou o jogo de pés, atributos que consideramos menos importantes, pelo que carta ‘Basic’ poderá em muitos casos constituir uma escolha mais apropriada.

       
      CB
      Guia de Consumíveis para FIFA 15 Ultimate Team

      Ninguém deve ter dúvidas de que as capacidades defensivas e o cabeceamento são os atributos mais importantes num defesa central. Em algumas situações, a velocidade é também um ponto vital. Sendo assim, julgamos que as duas cartas mais corretas para a aplicação nestes jogadores são a ‘Sentinel’ e a ‘Anchor’.

      A primeira deverá ser aplicada ao CB’s centrais de táticas 5xx ou a defesas com work rates defensivos altos e atacantes baixos. A segunda deverá ser aplicada nos restantes casos.

       
      RB, LB, RWB, LWB
      Guia de Consumíveis para FIFA 15 Ultimate Team

      Os defesas laterais têm a missão de defender e de apoiar o ataque nas alas. As capacidades defensivas, o passe e a velocidade assumem pois particular importância.

      A carta ‘Shadow’ é a que recomendamos como mais indicada para estes jogadores embora quem insista nos cruzamentos para a área possa também aplicar a carta ‘PowerHouse’.

       
      CDM
      Guia de Consumíveis para FIFA 15 Ultimate Team

      Não é fácil escolher o melhor estilo de química a aplicar a um médio defensivo pois depende muito das funções que ele irá assumir em campo e da tática utilizada.

      Um dos males comuns dos jogadores nesta posição é o facto de serem demasiado lentos. Nesses casos, uma carta ‘Shadow’ poderá ser muito útil. Ainda assim, de um modo geral, as cartas ‘BackBone’ e ‘PowerHouse’ são aquelas que julgamos serem as mais acertadas.

       
      CM, CAM

      Guia de Consumíveis para FIFA 15 Ultimate Team

      À semelhança do que acontece com outras, também para esta posição o estilo de química depende de muitos fatores e por essa razão a sua escolha poderá ser um pouco complexa.

      Para a generalidade dos jogadores de FIFA, as cartas ‘Artist’ e ‘Maestro’ funcionarão muito bem. Para quem rematar muito fora de área, a ‘Deadeye’ é uma boa carta e poderá ser uma opção mais ajustada ao seu perfil.

       
      Alas
      Guia de Consumíveis para FIFA 15 Ultimate Team

      A carta ‘Engine’ é a nossa favorita para quem ataca pelas alas, independentemente de o fazer pelo lado esquerdo ou pelo lado direito. O misto de velocidade, drible e passe são perfeitos para as exigências de um jogador que atue nesta posição, permitindo-lhe que ele seja eficaz tanto num estilo de jogo baseado no cruzamento como num que aposte na entrada na área.

      Porém, dependendo dos outros fatores, os alas poderão por vezes ficar mais bem servidos com o estilo de química ‘Catalyst’.

       
      CF, ST
      Guia de Consumíveis para FIFA 15 Ultimate Team

      Em função do tipo de jogo há cinco estilos que se podem aplicar a um avançado:
      – ‘Finisher’ para quem quiser aumentar os instintos de matador;
      – ‘Hawk’ para quem ao mesmo tempo quiser aumentar a mobilidade do atacante;
      – ‘Hunter’ para quem jogar regularmente em contra ataque e não cruzar para a área;
      – ‘Marksman’ para tornar o avançado ainda mais habilidoso;
      – e ‘Sniper’ para aplicar em atacantes que já são rápidos e num estilo de jogo com poucos cruzamentos.

     

    Para os mais desatentos, relembramos que estas são sugestões que se baseiam unicamente na posição do jogador. Ao escolher um estilo de química, deverá ter em conta também a tática, os atributos do jogador e o preço da carta.

     
     
     
     

     
     

    A Química dos Suplentes em FIFA 15 Ultimate Team

     

    Se esteve atento ao capítulo anterior deve ter percebido que os suplentes não são tidos em conta aquando do cálculo da química. Muito menos os reservas.

    A química da equipa contabiliza a soma das químicas individuais apenas dos onze jogadores que iniciam a partida. Além disso, estando no banco, os suplentes não têm a componente de relação entre jogadores. Isto significa que a química individual dos suplentes é zero e que o seu contributo para a química da equipa é nulo.

    Até aqui julgamos que seja bastante fácil de entender. Porém, perguntas bastante pertinentes surgem: se fizermos uma substituição, qual será a química do jogador que entrar e como isso afetará a química da equipa ? E se alterarmos a tática durante um jogo ?

    Os nossos testes não foram conclusivos quanto a esta matéria mas julgamos que quando efetuamos uma substituição, o jogador que entra adquire a química individual do jogador que sai e por isso mesmo a química da equipa mantém-se inalterada. O momento decisivo para a definição da química com que vamos jogar é o da seleção dos onze jogadores que irão iniciar a partida. O mesmo é dizer que, uma vez iniciado um jogo, as químicas nunca se alterariam, acontecesse o que acontecesse.

    Isto seria válido para todos os casos. Mesmo que colocássemos em campo um jogador que não tenha uma única relação com os restantes ou cuja posição seja completamente diferente da sua posição natural.

    Para alguns isto poderia ser encarado como uma oportunidade. Passaria a ser possível juntarmos ao nosso clube aquele jogador que sempre quisemos mas que não podíamos comprar porque ele não tinha nada em comum com a restante equipa. Poderíamos também adaptar jogadores a outra posições mais carentes de qualidade.

    Porém, tudo tem um custo. Neste caso, iríamos gastar mais contratos. Além disso teríamos de interromper os jogos, preferencialmente no início, para fazer as substituições o que, convenhamos, é um pouco aborrecido.

    Já a mudança de formação durante um jogo parece não ter qualquer influência na química. Pode fazer as alterações que quiser que isso não irá prejudicar a química com que iniciou o jogo.

     

    Observação
    A química dos suplentes não foi oficialmente confirmada, pelo que não temos 100% certeza de que ela é realmente assim. Existem algumas fontes que defendem que a química de um jogador que entra em campo no decorrer de um jogo, é igual a um onze avos da química da equipa, o que seria muito ligeiramente diferente daquilo que explicamos em cima.

     
     
     
     

     
     

    Erros Comuns na Construção de uma equipa com boa Química

     

    Existem três tipos de erros básicos na construção de uma equipa com boa química em FIFA 15 Ulttimate Team:

    • Os jogadores negligenciam a importância da química
    • Os jogadores sobrevalorizam a química
    • Os jogadores não dão o correto equilíbrio à química
    •  

      Na primeira destas situações, os jogadores parecem desconhecer o efeito da química no jogo ou simplesmente julgam que a mesma não passa de um mito.
      Preferem construir uma equipa com os jogadores de que realmente gostam independentemente da sua química. O que não sabem é que o seu rendimento pode ser superior se modificarem ligeiramente essa equipa com a substituição de alguns jogadores. Não precisam de abdicar de todas as suas preferências.
      A menos que se estejam a iniciar em FUT 15, estes jogadores podem ser facilmente identificados por apresentarem equipas com uma química inferior a 60 (não é possível ver a química individual do adversário).

      Existem também aqueles que metem a química à frente de tudo. Não são necessários extremismos.
      Se você seguir todas as nossas dicas básicas (ver capítulo seguinte) pode estar neste grupo. Aliás, todos os que têm onze jogadores com química individual 10 e uma química de equipa 100 podem estar nesta situação.
      FUT 15 permite que se alcance químicas máximas de vários modos. Se aplicarmos todos esses métodos para lá chegar estaremos a alcançar químicas superiores ao máximo, ou seja, estaremos a sobrevalorizá-las. O problema de o fazermos é que poderemos estar a prejudicar a qualidade e/ou diversidade dos jogadores sem tirarmos nenhum benefício disso.
      É por isso que é importante perceber como funciona a química em FIFA 15 Ultimate Team. Com esse conhecimento poderá formar equipas com apenas aquilo que elas precisam para atingirem a química máxima.
      As equipas formadas exclusivamente por jogadores da mesma liga, clube ou nacionalidade são muitas vezes casos típicos de “desperdício” de química.

      O terceiro grupo é provavelmente o mais comum: os que cometem erros ao formar uma equipa por desconhecimento de como o devem fazer.
      Isto acontece muitas vezes porque a esmagadora maioria das fontes de informação é pouco clara ou mesmo incorreta no que diz respeito a este tema.
      É do senso comum entre os jogadores de FIFA 15 Ultimate Team que ter boa química é ter química 100. Errado. Podemos ter uma química de equipa 100 em que um dos jogadores tem química individual zero. Isso não é concerteza a química desejada.
      A ideia que circula é que a química de equipa é a fulcral e a química individual, que muitos desconhecem, pouca importância tem. Isso é rigorosamente falso. A química individual é inclusive a que mais peso tem na alteração dos atributos dos jogadores durante os jogos.
      Estes jogadores apresentam normalmente químicas de equipa máximas mas químicas individuais desequilibradas. Uns jogadores com 10 e outros com menos de 8.

      Existem também muitos jogadores que julgam que os estilos de química são mais importantes que a própria química. Falso. A um jogador com química nula, de nada serve ter ativo um determinado estilo de química. Saiba mais sobre este tema no capítulo dos estilos de química.

       
       
       
       

       
       

      Dicas para uma boa Química

       

      Se já leu o que escrevemos neste artigo, então já sabe o que fazer para construir uma equipa com boa química.

      Para aqueles que ainda se sentem um pouco desorientados, vamos dar algumas dicas sobre como construir uma equipa com boa química em FIFA 15 Ultimate Team.

      Em primeiro lugar, convém definirmos o que é isso de boa química.
      Para nós, uma equipa com muito boa química é aquela que tem químicas individuais todas iguais a 10. É óbvio que nem sempre é possível construir a nossa equipa de sonho repleta de químicas individuais 10 mas devemos tentar que elas nunca sejam inferiores a 7.

      Evite utilizar jogadores com química individual inferior a 7

      A menos que já seja um expert na matéria, o primeiro passo é definir que ponto em comum terão os jogadores. Necessitamos que eles possuam pelo menos ligações fracas, pelo que o mais normal é nos basearmos numa nacionalidade ou numa liga para construirmos a nossa equipa.
      Uma equipa que seja toda da mesma liga ou da mesma nacionalidade terá garantida uma muito boa química, desde que os jogadores estejam nas suas posições naturais. De acordo com a tabela, todos terão pelo menos química individual 9. Bastará que o manager principal seja dessa liga ou nacionalidade para obtermos a química máxima.

      Não nos devemos esquecer de reservar coins para investir na química. É que, como já foi dito, o posicionamento dos jogadores pode muitas vezes ser corrigido se tivermos orçamento para isso. Ter todos os jogadores na sua posição natural representa cerca de metade do caminho para construir uma equipa com boa química.

      Um dos truques para conseguir construir essa equipa é saber planear antes de começar. Não basta ter uma ideia geral pois podemos começar a comprar jogadores e perceber que afinal há um ou mais que não possuem ligações suficientes.
      Assim, se já escolhemos o ponto em comum que os jogadores têm, é altura de visualizarmos o que pretendemos para a nossa equipa. Fazermos um esboço ou utilizarmos uma aplicação do tipo squad builder parece uma boa medida.

      Se conseguiu construir uma equipa atendendo às ligações entre os jogadores e aos seus posicionamentos, então já fez o mais difícil. Os pontos mais fáceis de química são os dados pelo manager e pela lealdade. Assegure-se de que a nacionalidade e a liga do manager estão bem representadas entre os jogadores com química mais baixa e, se não está a utilizar jogadores que recebeu em pacotes, certifique-se de que atinge os dez jogos o mais rápido possível para beneficiar dos dois pontos extra.

      Se fez tudo aquilo que aqui lhe indicamos então garantimos-lhe que a química da sua equipa estará no máximo possível.

       
       
       
       

       
       

      O que há de errado com a Química

       

      Somos completamente independentes e isso é ótimo para podermos elogiar ou criticar imparcialmente o que achamos estar bem ou o que achamos estar mal.

      De um modo geral consideramos o trabalho da EA bastante bom. É verdade que existem problemas de servidores, de itens que ficam presos na pilha de trocas, de constantes atualizações, etc… Mas quanto a regras, FUT foi um jogo bem pensado e bem implementado. O sistema de química é um bom exemplo disso. Funciona e resulta.

      Porém, nem tudo nos faz sentido na química em FIFA 15 Ultimate Team. Não percebemos porque é que a EA faz dela tanto secretismo. A maior parte da informação que publicamos neste artigo foi baseada em testes intensivos que realizamos. Ela não está disponível para o comum jogador que não queira perder dias a tentar perceber como funciona a química.

      O melhor exemplo do que estamos a dizer são as cores com que a intensidade das ligações ou com que a saúde das posições dos jogadores são assinaladas. As ligações fortes e hiper são ambas coloridas de verde não permitindo a distinção entre uma e outra. Também as posições com que os jogadores podem jogar adaptados aparecem pintadas de uma só cor, o laranja, não permitindo distinguir aquelas a que eles se adaptam bem e aquelas a eles se adaptam razoavelmente. Bastaria introduzir mais uma cor. Custa um pouco a crer que isto não tenha sido feito propositadamente para manter os segredos da química longe dos jogadores.

       

      O nosso olhar sobre a química não se esgota na EA. Os jogadores também fazem parte do jogo. Existe um número considerável de pessoas que insiste em dizer que a química dentro do jogo não existe. Não é verdade.

      A melhor forma de atestarmos a influência da química durante as partidas é realizar um grande número de jogos, idealmente nas mesmas condições, comandando uma equipa com química elevada e outra com química muito baixa. Nós fizemos isso durante largas dezenas de jogos e concluímos que a química em FIFA 15 Ultimate Team é mesmo realidade.
      Analisando matematicamente os resultados que obtivemos, concluímos que quando jogávamos com uma equipa de química elevada o nosso rendimento era bem superior.

      Muitas das pessoas que dizem não existir química justificam com o facto de conseguirem ganhar vários torneios ou épocas jogando com equipas de química muito reduzida. Isso não é justificação. Há jogadores de FIFA que são suficientemente bons para vencer mesmo tendo equipas muito inferiores ao adversário. Logo, também o poderão fazer com equipas de muito baixa químca.

      Há também quem considere que a química devia ser abolida de FUT 15. Nós respeitamos a opinião de todos mas consideramos que essas pessoas não compreendem como funciona FUT na sua plenitude. Parte da piada deste modo de jogo é a oportunidade de criarmos uma equipa com que nos identifiquemos. Se não houvesse química, o desafio de construir uma equipa seria menor e a diversidade de equipas diminuiria.

      Com este artigo esperamos ter esclarecido tudo sobre o funcionamento da Química em FUT 15 e ter quebrados mitos e falsas ideias que são veiculadas por toda a comunidade de jogadores.

       
       
       
       

       
       

      Novidades

       

      Para quem é um habitual jogador do modo Ultimate Team, a maioria do que aqui descrevemos já era do seu conhecimento. Dessa forma, criamos um simples capítulo onde podem consultar um sucinto histórico das alterações introduzidas na química:

       

      FUT 14 >> FUT 15

      • Eliminadas muitas ligações:
        CM para CBR e CBL na 3-4-1-2, 3-4-2-1, 3-4-3, 5-2-1-2 e 5-2-2-1;
        CMC para CBR e CBL na 5-3-2;
        CM para CB na 4-1-2-1-2 (2), 4-3-3 (3) e 4-3-3 (5);
        CM para RM e LM na 4-5-1;
        CMC para CB na 4-3-2-1;
        RM e LM para CB na 4-1-2-1-2;
        CAM para CB na 4-2-3-1 (2);
        CAM para CMR e CML na 4-3-1-2;
        CMR e CML para CB na 4-3-3
      • As In-Game stats passaram também a receber o bónus da química

       

      FUT 13 >> FUT 14

      • Alterada a fórmula de cálculo da química de equipa
      • Passou a ser possível atingir os 100 de química de equipa sem a presença de um manager
      • Alterada a fórmula de cálculo da química individual
      • O peso das diferentes ligações entre os jogadores mudou
      • A nacionalidade passou a pesar tanto como a liga na relação entre dois jogadores
      • A química individual máxima possível passou de 9 para 10
      • O manager passou a contribuir diretamente apenas para a química individual
      • Passou a ser irrelevante para a química, se o manager é de ouro, prata ou bronze
      • Por ter deixado de existir, a tática do manager deixou de ter peso na química
      • A liga do manager passou a contribuir para a química individual dos jogadores
      • Jogadores com mais jogos passam a receber bónus de lealdade
      • Cartas na posse do primeiro proprietário passam a valer mais na química
      • Alteradas várias relações entre posições naturais e posições efetivas
      • Algumas formações têm agora mais ligações
      • Stats afetadas pela química passam a ser escolhidas pelos estilos
      • Táticas deixam de contribuir para a química

       
       
       
       

       
       

      Química em FUT 15 – Perguntas Frequentes (FAQ)

       

      P: O que é a Química ?
      R: A química representa o quão bem um jogador irá estar num jogo. Pode saber mais sobre este assunto aqui.

      P: A Química existe mesmo ou é apenas um mito ?
      R: Ela existe. Pode saber mais sobre este assunto aqui.

      P: Vale a pena construir uma equipa com química elevada ?
      R: Claro que sim. Uma química alta significa melhores performances dos jogadores.

      P: O que afeta a química de um jogador ?
      R: A sua posição em campo, a sua relação com os colegas mais próximos e com o manager e ainda a sua lealdade ao clube.

      P: Como é que o bónus de lealdade pode ser obtido ?
      R: Utilize uma carta que recebeu num pacote ou faça o jogador alinhar em 10 jogos.

      P: Como é calculada a química ?
      R: Verifique aqui.

      P: O que é mais importante: a química individual ou a de equipa ?
      R: A química individual.

      P: Qual a máxima química possível ?
      R: 10 para a química individual e 100 para a química de equipa.

      P: É obrigatório ter um manager para se poder atingir a química máxima ?
      R: Não, mas ajuda. O manager não contribui diretamente para a química da equipa. Ele pode dar um ponto à química individual mas, em alguns casos, é possível obter química individual 10 mesmo sem bónus.

      P: Qual a diferença entre ter um manager de ouro, de prata ou de bronze ?
      R: Em termos de química, nenhuma.

      P: Os managers contribuem para a química de equipa ?
      R: Não. Nas versões de Ultimate Team anteriores a FUT 14, eles contribuíam para a química de equipa, mas agora apenas o fazem para a química individual (que por sua vez irá determinar a química de equipa).

      P: Não consigo atingir a química máxima. Qual o mínimo que me recomendam ?
      R: Se por alguma razão não puder atingir a química máxima, deve tentar obter pelo menos 8 de química individual e 90 de química de equipa.

      P: Já tenho 100 de Química. Isso é tudo o que interessa, não é ?
      R: Não. Os atributos dos jogadores em campo são modificados por uma componente em que esses 100 pesam 25% e a química individual dos jogadores pesa 75%. Por isso, mais do que garantir os 100 de Química de Equipa, é importante conseguir a melhor química individual (10) para o máximo de jogadores possíveis.

      P: A química individual de um jogador pode ser superior a 10 ?
      R: Em teoria sim. Matematicamente a química individual varia entre 0 e 12. Isto permite aos jogadores arranjarem novas maneiras de atingir a química máxima. Na prática, os valores superiores a 10 assumem o mesmo efeito que 10.

      P: O que é melhor: um jogador com elevada química individual numa equipa de baixa química, ou um jogador de baixa química individual numa equipa de elevada química ?
      R: Para o rendimento do jogador, a primeira opção é mais favorável. Porém, se a equipa tiver uma química baixa isto poderá dar a entender que os outros jogadores também têm química baixa e isso não é bom. Se você quiser saber qual a química real para cada jogador, utilize a seguinte fórmula: Química = (Química Individual x 0.75) + (Química de Equipa x 0.025)).

      P: Um jogador que tenha más ligações com uns colegas e boas com outros, joga de modo diferente com eles ?
      R: Não. As ligações vermelhas são meramente indicadores gráficos. O modo como cada jogador joga depende exclusivamente da sua química individual e da química da equipa. Ele jogará com todos de igual modo.

      P: O que são estilos de química ?
      R: Os estilos de química permitem aos jogadores selecionar os atributos que irão ser afetados pela química.

      P: O que significam as setas brancas e verdes ?
      R: Uma seta branca indica um possível aumento que não está a ser recebido em virtude do jogador não ter química suficiente. Uma seta verde indica que o atributo em causa está efetivamente a ser aumentado. Quantas mais setas verdes num determinado atributo, maior será o aumento do mesmo.

      P: O que acontece se eu não tiver a química máxima ?
      R: Químicas elevadas correspondem a bónus maiores. Se você tiver químicas baixas, os seus atributos receberão bónus menores. Verifique esta tabela.

       
       
       
       
       

83 COMENTÁRIOS

  1. Então se logo que começar o jogo eu alterar a formação e colocar novos jogadores eles ficam com química individual igual aos que saiu?e o bônus de estilo de entrosamento também?

  2. Uma questão sobre uma carta de química, Rodrigo:

    A carta CAÇADOR (PT-BR) é nitidamente feita para atacantes, mas é considerada no jogo uma carta especial, ou seja, não é atribuída à uma posição no campo.

    Assim, se eu aplicar ela a um zagueiro, há problema? Se há, qual?

    • Não há problema nenhum. Pode usar qualquer carta de química em qualquer jogador, com uma única exceção: os goleiros não podem ter estilos de jogadores de campo e vice-versa. Essas categorias são só uma orientação aos mais inexperientes. Obviamente que na maioria das vezes uma carta Hunter não fica tão bem num zagueiro como num atacante.

  3. Rodrigo, deixa eu te perguntar algo sobre química: quando o banco de reservas não tem jogadores de acordo com a química titular, isso influencia na jogabilidade durante o jogo?

    Exemplo: meu time principal é formado em sua maioria pela Bundesliga. Porém, no banco há jogadores de outras ligas e/ou países. Mas os titulares são Bundesliga. Caso eu os coloque no time durante o jogo, isso faz a química baixar?

  4. Eu faço trade com 3 técnicas! Pricing fixing com 2 jogadores pratas, chuva de coins e venda de jogadores com troca de posição rw>rf/ lw > lf! Nas 3 os jogadores com estilo de quimica (correto) vendem mais e por mais caro! Uma delas inclusive se baseia em cartas com quimica valerem mais (mas uma vez obrigado Silvio! Kkk). Achei curioso o comentário dos colegás acima. Alguém mas percebeu isso?
    Rodrigo qual o bônus na química um jogador tem por eu ser seu primeiro dono?
    abs

  5. Também achei estranho isso, meu Ramires tava uma uma tragédia como Gladiator e quando fui comprar uma carta básica me deparei com preços absurdos. Nada de stress… vendi o Ramires gladiator , comprei um básico e ainda tirei um dinheiro. Realmente o esforço e dedicação da equipe deste site é nota 10. um post como este exige muito trabalho e exaustivas horas de teste. Vocês estão de parabéns!! Sempre estive e sempre estarei ligado aqui nas dicas

  6. Sílvio,
    Não sei se me fiz entender, mais me refiro as cartas de “química básica” não aos jogadores, concordo que os times precisam ser os melhores possíveis para se alcançar o topo, o que me referia no comentário anterior é de que as cartas de química básicas estão no mercado por um preço que me chamou atenção e eu geralmente descartava elas logo que vinham no pacote. Pesquisando sobre o uso destas cartas, encontrei algumas teoria de que o rendimento de alguns jogadores é melhor com carta de química básica do que com qualquer carta de química especial e ao ver o preço destas cartas do mercado me ocorreu a dúvida.

    • Sim, o rendimento pode ser melhor. É natural. Nós explicamos isso no nosso guia. Mas não pelos motivos alegados nesse post. Ser básico não significa ser pior. Apenas significa +1 para todos os atributos. Os outros estilos redistribuem esses atributos de outro modo. É como na natureza: nada se perde, tudo se transforma.

  7. Rapazes, tenho ficado intrigado com umas publicações que li em alguns sites, que dão conta de que o ideal neste Fifa 15 é jogar com cartas básicas, pois o desempenho dos jogadores ficam melhores. Ao pesquisar o preço destas cartas, fiquei surpreso, pois elas não saem por menos de 4K. Por que diabos, uma carta básica, pode valer tanto? Tem algum fundamento?

    Segue link do post.: http://www.3djuegos.com/foros/tema/33342140/0/consejos-antihandicap/

    • Bobagem da mais pura! Faça isto ai e depois venha aqui e me diga se não foi uma bobagem danada! É fato que existe uma influência nos jogos, as vezes as coisas teimam em não acontecer como deveriam, no entanto não é fazendo times simples que vai ter resultados melhores. Se você olhar o pessoal que está na primeira divisão vai encontrar 90% de times com os jogadores de ponta (se não mais), vai encontrar um certo percentual de times que mesclam bons jogadores e outros que não parecem tão bons mas que estão bem colocados, tem uma tática correta, e tem alguem nos controles que joga muito.
      Além disso, você vai encontrar gente com time forte e time fraco reclamando de handicap, mas como se o tal do handicap deveria favorecer o fraco? Não é assim que a coisa funciona. Tem influencia da EA? Tem, mas mesmo assim quem é forte associado a quem sabe jogar muito bem, vai estar la no topo sempre. Uns vão cair eventualmente mas vão voltar. Agora time fraco e gente que não é tudo isso no jogo, nunca vai estar entre os tops e vai colocar a culpa em qualquer coisa.

  8. Muito bom, como sempre! Se me permitem, devem ter acesso à EA, e porque não uma sugestão para as próximas versões do FIFA:
    – Permitir que tenhamos em nosso elenco estrangeiros.
    Exemplo, se eu monto um time da liga Brasil (se tivesse), que eu pudesse ter estrangeiros e com alguns critérios:
    > Poderiam limitar a três por elenco.
    > Poderiam fazer a química ir subindo à medida que esses estrangeiros fossem jogando.
    > Poderiam fazer a química subir se fizesse gol ou desse assistência,
    > etc
    Valeu!!!!

  9. Rodrigo (e Silvio, claro), ótima matéria. Já conheço bem a química FUT, mas apenas em razão das explicações dadas aqui, noutros anos.

    Mas escrevo por outro motivo. Estou com 850k para investir e não estou conseguindo fazer mais do que 6k por dia. Até a semana passada, estava num nicho que me rendia, em média 30k por dia. Agora está impossível. Parece que tem gente fazendo trade por 12-30 coins de lucro.

    De outro lado, acho que com esse montante de coins, eu poderia entrar em algum nicho que seja menos disputado. Alguma sugestão?

  10. Bom dia…
    O assunto não tem a ver com o post, mas preciso de ajuda.
    Ontem ganhei o torneio on line, (não lembro o nome, mas dá um premio e 7500 coins + pacote ouro premium), mas não ganhei as coins nem o pacote! Isso já aconteceu com alguém? Posso/devo entrar em contato com a EA? Se sim, como faço isso? Desde já obrigado.

  11. Rodrigo estou aqui com umas valentes dores de cabeça 😛 preciso da sua ajuda numa questão.
    Quero montar a seguinte equipa:

    Courtois
    Evra
    Chiellini
    Kompany
    Walker
    Pogba
    Toure
    Di Maria
    Ribery
    Aguero
    Alexis Sanchez

    Actualmente deste 11 que quero montar só tenho 3 jogadores: Evra, Walker e Pogba.. Todos os outros estão carissimos na ps3.. Kompany e Courtois a rondar os 80K, Toure esta a uns absurdos 260k, di maria a 220k, aguero e ribery a mais de 300k sendo que chiellini e alexis sao os mais baratos… Será que tendo em conta os anos anteriores me pode dar uma ideia se os seus preço vão baixar, sefor o caso, quanto vão baixar e quando a melhor altura para os adquirir.. Sei que esta equipa é praticamente imbatível e digo já porquê. Estou ansioso por experimentar esta que será a minha UT do fifa 15

    • amigo, venda o que tem e monte um time modesto, de no máximo 50k… vá jogando com ele e melhorando o time posição a posição, conforme for ganhando as coins… Cair os preços a ponto de montar um time desses, só no TOTS (nem no TOTY creio que todo esse time cairá o preço a ponto de estar acessível a nós, meros mortais), antes disso, terá que comprar caro, então jogue muito, ganhe temporadas, faça trades, e tire esse time da cabeça por um bom tempo…

      • Boas Khaos. Na verdade eu não preciso que o preço baixe 50%. Se baixasse entre 20 e 30 % já estaria óptimo para mim. Eu tenho em “caixa” 820 k disponíveis, sendo que tenho no meu clube várias equipas montadas e ainda alguns jogadores que não me importo de vender para dar lugar a esta equipa quero realmente montar. Esses jogadores poderão render-me mais uns 200k e ainda tenho a lista de transferências cheia o que me dá mais uns 100k.. Tudo somado, tenho cerca de 1.1kk mas não queria investir agora nestes jogadores pois os preços estão surreais como disse. Eu jogava com duas equipas bem modestas da liga Portuguesa e que me dão um grande prazer contudo os centrais deixam um pouco a desejar pela falta de velocidade e na DIV 1 apanho malucos que só jogam com o R2 premido e a verdade é que por melhor que defenda na DIV já são jogadores experientes e acabam sempre por fazer golos. Tenho também uma equipa de brasileiros com os velocistas do Shaktar na frente que já fez muitos estragos tanto na DIV 2 como na DIV 1. Ontem montei uma versão mais barata desta equipa que falei no início do post e que facilmente e digo mesmo facilmente me deu o 1º título na DIV 1 com um registo 8-1-0 (quase perfeito). Aproveito que este tópico é sobre química e vou revelar a equipa que montei quase perfeita. Junta velocidade, força, técnica e boa capacidade de remate. Quem tiver coins disponíveis para a fazer, não hesitem porque dá um grande gozo jogar com ela.

        4-3-3 ofensivo com dois MC e um MOC

        GK: Lloris
        DE: Evra
        DC: Varane
        DC:Mangala
        DD: Walker
        MC: Pogba
        MC: Ramires
        MCO: Cabella
        EE: El Shaarawy
        PT: Balotelli
        ED: WAlcott

        Aqui Cabella e Balotelli são jogadores chave pois fazem uma ligação boa com Pogba e Ramires e ainda El Shaarawy e walcott respectivamente. Experimentem. Fica ainda mais uma dica. Qualquer que seja a equipa que procurem tentem um híbrido com Pogba e Toure no meio campo. Pogba é um monstro. Toure ainda deve ser melhor, mas não pude experimentar ainda.
        Fico só à espera das dicas so Rodrigo e do Sílvio ou de que tiver alguma ideia de quando a melhor altura para comprar este leque de jogadores, se em dezembro se em janeiro

    • Olá.
      Não temos nenhuma bola de cristal mas a nossa experiência permite-nos sugerir o que pode acontecer. Pode estar certo, mas também há sempre algum risco de falharmos.
      A melhor altura para comprar será no início da semana TOTS, no início de janeiro. Se não quiser esperar tanto, no Natal já notará uma diferença grande nos preços. Porém, essa descida de preços não será para todos os jogadores. Não creio que Ribery, por exemplo, vá sequer ficar mais barato. A probabilidade de os jogadores mais caros descerem de preço é menor. É o caso de Touré e Di Maria. Não quer dizer que não desçam. Mas é menos provável. Os mais baratos é certo que descem.
      Cumprimentos

      • Obrigado Rodrigo. Compro então na primeira semana de jan… Até lá estou certo de que terei coins mais do que suficientes. Já agora, dispõe de mais informações acerca do perigo da venda de coins? Estou tentado a começar a vender, mas tenho mesmo muito receio… E finalmente muitos parabéns por mais este fantástico artigo. Tenho feito bastantes coins à conta do que têm publicado por aqui e do que vou aprendendo. Melhor site sem dúvida no que a esta matéria diz respeito.
        Abraço

  12. Pessoal sumiu algumas cartas q estavam a venda na minha lista de transferência, venceram o tempo de venda e não aparecem mais para q eu possa renovar o tempo para q possa vende-las. O q posso fazer para resolver isto?

  13. Bom, tirei varias duvidas.
    Realmente ter um time bom não é garantia de vitoria, saber jogar é um fator mais importante e jogar com os jogadores que você sabe jogar é melhor ainda. Comprei o Balotteli e não fui bem com ele, mas o Benteke ja consegui melhores resultados

  14. Incrível..
    jogando a DÉCIMA divisão, peguei um time com Messi, Neymar, Benzema, e toda a turma que se pode imaginar, e com um time de franceses com orçamento de 30k eu ganhei o jogo, fiquei com 60% de posse, dei uns 15 chutes e o adversário deu 1.
    O melhor é ouvir ele reclamando o tempo todo no headset, deixei o meu no mudo e só fiquei dando risada…
    Quando faltava 5 min pra acabar, liguei o fone e comecei a zuar tbm kkkkkkk

  15. Quem joga no Xbox One me add ai… Holokhaostus
    Comprei o console recentemente e ainda não tenho ninguém na live (:

  16. Olá, Silvio e Rodrigo!

    Parabéns mais uma vez pelo excelente artigo publicado!

    Aproveitando a oportunidade, eu gostaria de saber se vocês conhecem o motivo pelo qual estamos recebendo gift de presente. Trata-se de alguma período especial ou data comemorativa? Conforme a legenda no FUT WEB APP, durante um período limitado iremos continuar a recebê-los.

    Abraço!

  17. Parabéns pelo artigo, bem completo como sempre. Só uma correção, Mata e Torres não fazem mais ligação hiper por que os dois saíram do Chelsea. Mata está no Manchester United e Torres está no Milan. Obrigado pela atenção e pelas ajudas

    • Obrigado nós.
      Já corrigimos essa situação e já agora aproveitamos para sugerir Aguero/Messi em vez de Aguero/Garay pois estes dois últimos dificilmente se ligam por jogarem em posições diferentes no terreno.

  18. Grande post, como de costume! Esclarecendo todas as dúvidas que qualquer jogador de FIFA poderia ter. Por isso que sempre entro todo dia no site para ver os posts e as notícias! Parabéns, cada vez mais melhores!

      • Primeiro gostaria de dizer que eu sou grande fã desse site e parabenizo vocês por manterem isso aqui sempre organizado e atualizado.. eu tenho umas perguntas ..
        1- Um atleta entra durante a partida com jogadores do seu time que não teria menor química.. Como funciona a química do jogador que entrou ? Ele é afetado por não ter química com os companheiros mesmo entrando durante o jogo ?

        2 Se eu colocar um jogador ME na posição de MEI durante a partida ele perde química ? Como ele se comporta em campo ? Ele faz a função de MEI ou simplesmente fica perdido em campo ?

        3 E se o jogador que entrou em campo durante a partida substituir um atleta que estava com química baixa .. ele é atingido por essa química ?

        Grande abraço e agradeço desde já !

        • Obrigado.
          1) Nós pensamos que a química não é afetada. Mantém-se tudo igual. Mas não há forma de ter 100% certeza.
          2) Ele faz a função de MEI. Quanto à química é a mesma situação que em 1)
          3) Mais uma vez julgamos que tudo se mantém igual. Ou seja, o jogador que entra adquire a química do jogador que sai.
          Abraço

          • Valeu Rodrigo obrigado por responder, só me tira mais uma duvida que não tem mt ligação com esse post mas é só uma… li um pessoal aqui em algum ugar dizendo que as cartas IF durante o jogo ta tendo os numero de ranking dos seus jogadores normais.. sabe se ja foi normalizado esse erro ?

Comente

Please enter your comment!
Please enter your name here