Como Escolher o Melhor Estilo de Química para FIFA 18

5
Como Escolher o Melhor Estilo de Química para FIFA 18

 

Escolher o melhor estilo de química para cada caso não é uma tarefa fácil. Se você precisa de ajuda para tomar a decisão acertada ou garantir que cada um dos seus jogadores de FIFA 18 tem aplicado o melhor estilo de química possível, continue a ler.

 
 

Como Escolher o Estilo de Química

Como ponderar a aplicação de um estilo de química?
 

Escolher o estilo de química certo depende de muitos fatores. É uma escolha difícil que terá de ser você a fazer. Tenha em atenção aos seguintes aspectos.

 

PREÇO
Este é provavelmente o fator mais ignorado na altura de artilhar os jogadores com o estilo de química que julgamos ser o mais acertado. Porém, para equipas com orçamentos muito apertados, é necessário ter em atenção que os preços das cartas de estilos de química variam entre as 150 e as 5.000 coins. Nunca pretira ter o jogador que quer só para poder aplicar o estilo de química mais ajustado aos jogadores da sua equipa. Veja estas cartas apenas como uma afinação. Convém também clarificar que um estilo de química mais caro não significa propriamente que seja melhor. Ou seja, o preço não deve ser um fator de escolha mas sim de restrição. As cartas Hunter e Shadow são as mais caras. O estilo Basic, o mais barato de todos, é frequentemente a melhor opção.

POSIÇÃO
A posição que um jogador ocupa em campo é o fator mais importante na escolha do seu estilo de química. Embora não seja obrigatório, na esmagadora maioria das vezes são aplicados estilos defensivos aos defesas (Sentinel, Guardian, Gladiator, Backbone e Anchor), estilos atacantes aos avançados (Sniper, Deadeye, Hawk, Marksman e Finisher) e estilos com caraterísticas intermédias aos médios (Artist, Architect, Powerhouse, Maestro e Engine). Os cinco estilos de guarda-redes apenas podem ser aplicados aos jogadores que jogam nesta posição. Regra geral, aplicar um estilo de química de acordo com a posição é um bom procedimento desde que esteja em consonância com os restantes fatores.

FORMAÇÃO
A tática utilizada assume particular importância na escolha de um estilo de química. Jogadores que atuem na mesma posição mas em táticas diferentes têm necessidades diferentes. Tomemos o exemplo dos defesas centrais. Se jogarem num sistema 4xx, a velocidade é uma grande mais valia. Porém, para um defesa do meio numa tática 5xx é muito mais importante o cabeceamento e as capacidades defensivas. Ao escolher-se um estilo de química deve-se analisar cuidadosamente as funções que cada jogador desempenha numa determinada formação.

ESTILO DE JOGO
Não há duas pessoas iguais. E como tal, ninguém joga FIFA do mesmo modo. Há quem jogue melhor e há quem jogue pior. Há quem goste mais de atacar pela ala e há quem goste mais de jogar pelo meio. Há quem prefira contra ataques e há quem não abdique da posse de bola. Nem todas estas preferências se repercutem nas táticas que escolhemos. Ou seja, duas pessoas com a mesma tática e os mesmos jogadores podem fazer uso deles de um modo diferente. Ao escolher-se um estilo de química deve-se analisar cuidadosamente as funções que cada jogador desempenha de acordo com o nosso estilo de jogo.

EQUIPA
Outro fator que não deve ser menosprezado é o ambiente que rodeia o jogador no qual queremos aplicar um estilo. Ou seja, os companheiros de equipa e as necessidades desta. Se, por exemplo, jogar numa formação com contempla três CMs e dois deles possuírem atributos defensivos elevados, será razoável não melhorar esse atributo no terceiro CM e dar preferência a outros que possam assumir-se como mais valias para a equipa.

ATRIBUTOS DOS JOGADORES
Também os jogadores são todos diferentes uns dos outros pelo que é impossível aplicar um estilo de química apenas baseado nos fatores que enunciamos acima. É necessário conhecer não só os atributos mas também os work rates dos jogadores para definirmos, em conjunto com os outros fatores, os bónus que os jogadores mais necessitam. Uma das perguntas mais comuns relativas a este tema tem a ver com a abordagem que se deve fazer: é preferível bonificar os atributos mais desfavoráveis de modo a equilibrar um jogador ou é preferível potenciar ainda mais os atributos mais fortes de um jogador de modo a que ele se destaque ainda mais da concorrência ? A resposta não é linear. Regra geral opta-se pela segunda opção, uma vez que em virtude da posição em que joga os melhores atributos de um jogador já são normalmente aqueles que são os mais importantes. Por exemplo: Messi é muito fraco na defesa porque esse atributo de pouco lhe vale na posição em que atua. É por isso natural que se tente melhorar outros atributos que tenham a ver com aspetos ofensivos. Mas nem sempre deve ser assim. Quando um jogador atua numa posição e numa tática em que a importância entre os vários atributos não é tão desnivelada, pode ser melhor tentarmos equilibrar o jogador. Tome-se o exemplo de Harry Kane. Ele é grande avançado mas não é mais vezes escolhido por não ser muito rápido. Faz todo o sentido que se abdique de melhorar ainda mais os seus fantásticos remates e físico e se aplique uma carta que lhe melhore a velocidade.
A escolha de um estilo de química em função dos atributos dos jogadores é de certa forma uma escolha pessoal. Varia muito em função da pessoa que o faz.


 
 
 

Sugestões de Estilos de Química

Que estilo aplicar a cada jogador?
 

Temos a certeza de que, mesmo depois das nossas dicas de como selecionar o estilo de química certo, muitas pessoas continuam com dificuldade em fazer essa escolha. Se é o seu caso, não se preocupe pois vamos ajudá-lo.

Uma vez que o preço do estilo de química não é normalmente proibitivo para a maioria dos jogadores e uma vez que o tipo de jogo é algo muito pessoal e que é impossível indicarmos o estilo acertado para cada jogador, restringimos as seguintes sugestões ao posicionamento em campo. Lembramos que tratam-se apenas disso mesmo, sugestões, e que as mesmas deveriam depender de outros fatores que não nos é possível medir.

 

GK

Como Escolher o Melhor Estilo de Química para FIFA 18

Na nossa opinião, a importância dos os seis atributos de um guarda-redes seguem a seguinte ordem: reflexos, mergulho, jogo de mãos, posicionamento, rapidez e jogo de pés. Sendo assim, e uma vez que não existe nenhum estilo de química que bonifique simultaneamente os reflexos e o mergulho, a nossa escolha vai para carta ‘Glove’ que aumenta o mergulho, o jogo de mãos e o posicionamento.

Todas as outras cartas bonificam pelo menos a rapidez ou o jogo de pés, atributos que consideramos menos importantes, pelo que carta ‘Basic’ poderá em muitos casos constituir uma escolha mais apropriada.

 
 

CB

Como Escolher o Melhor Estilo de Química para FIFA 18

Ninguém deve ter dúvidas de que as capacidades defensivas e o cabeceamento são os atributos mais importantes num defesa central. Em algumas situações, a velocidade é também um ponto vital. Sendo assim, julgamos que as duas cartas mais corretas para a aplicação nestes jogadores são a ‘Sentinel’ e a ‘Anchor’.

A primeira deverá ser aplicada ao CB’s centrais de táticas 5xx ou a defesas com work rates defensivos altos e atacantes baixos. A segunda deverá ser aplicada nos restantes casos.

  

RB, LB, RWB, LWB

Como Escolher o Melhor Estilo de Química para FIFA 18

Os defesas laterais têm a missão de defender e de apoiar o ataque nas alas. As capacidades defensivas, o passe e a velocidade assumem pois particular importância.

A carta ‘Shadow’ é a que recomendamos como mais indicada para estes jogadores embora quem insista nos cruzamentos para a área possa também aplicar a carta ‘PowerHouse’.

  

CDM

Como Escolher o Melhor Estilo de Química para FIFA 18

Não é fácil escolher o melhor estilo de química a aplicar a um médio defensivo pois depende muito das funções que ele irá assumir em campo e da tática utilizada.

Um dos males comuns dos jogadores nesta posição é o facto de serem demasiado lentos. Nesses casos, uma carta ‘Shadow’ poderá ser muito útil. Ainda assim, de um modo geral, as cartas ‘BackBone’ e ‘PowerHouse’ são aquelas que julgamos serem as mais acertadas.

  

CM, CAM

Como Escolher o Melhor Estilo de Química para FIFA 18

À semelhança do que acontece com outras, também para esta posição o estilo de química depende de muitos fatores e por essa razão a sua escolha poderá ser um pouco complexa.

Para a generalidade dos jogadores de FIFA, as cartas ‘Artist’ e ‘Maestro’ funcionarão muito bem. Para quem rematar muito fora de área, a ‘Deadeye’ é uma boa carta e poderá ser uma opção mais ajustada ao seu perfil.

  

ALAS

Como Escolher o Melhor Estilo de Química para FIFA 18

A carta ‘Engine’ é a nossa favorita para quem ataca pelas alas, independentemente de o fazer pelo lado esquerdo ou pelo lado direito. O misto de velocidade, drible e passe são perfeitos para as exigências de um jogador que atue nesta posição, permitindo-lhe que ele seja eficaz tanto num estilo de jogo baseado no cruzamento como num que aposte na entrada na área.

Porém, dependendo dos outros fatores, os alas poderão por vezes ficar mais bem servidos com o estilo de química ‘Catalyst’.

  

CF, ST

Como Escolher o Melhor Estilo de Química para FIFA 18

Em função do tipo de jogo há cinco estilos que se podem aplicar a um avançado:
– ‘Finisher’ para quem quiser aumentar os instintos de matador;
– ‘Hawk’ para quem ao mesmo tempo quiser aumentar a mobilidade do atacante;
– ‘Hunter’ para quem jogar regularmente em contra ataque e não cruzar para a área;
– ‘Marksman’ para tornar o avançado ainda mais habilidoso;
– e ‘Sniper’ para aplicar em atacantes que já são rápidos e num estilo de jogo com poucos cruzamentos.

 

Para os mais desatentos, relembramos que estas são sugestões que se baseiam unicamente na posição do jogador. Ao escolher um estilo de química, deverá ter em conta também a tática, os atributos do jogador e o preço da carta.

 
 

Não podemos esperar que as cartas de estilos de química façam milagres pois, na melhor das hipóteses apenas irão fazer aumentar em três pontos, dois dos atributos básicos. Devemos construir a nossa equipa, testá-la e usar as cartas de estilos de química apenas numa perspetiva de afinação. Em jogadores com química individual baixa, não faz sentido aplicar-se cartas de estilo de química.

 
 
 

Nascido no final dos anos 70, Rodrigo Lopes é por natureza um entusiasta de video jogos. Começou por um ZX Spectrum 48k e jogou todos os jogos da série FIFA. Este engenheiro, que também escreve sobre jogos FIFA num outro popular website, vive o futebol e ama o Benfica. Junte-se a ele no Google Plus.

5 COMENTÁRIOS

  1. Alguém pode me tirar dúvida sobre melhor as cartas IF preta por exemplo eu tinha callum wilson 81 e depois comprei a 84 dele nas duas cartas fazendo dupla com Lukaku carta normal dele o meu ataque fica com rating 82 e quando eu troco para vardy 81 ou g. jesus 81 para fazer dupla com lukaku a química do ataque da dupla vai a 84, parece que ele usa o rating inicial do callum wilson que é de 77 e fazendo a média com lukaku ai daria 82.

  2. a velocidade é extremamente importante pros zagueiros tbm, ainda mais no meu caso que nao jogo com a zaga tão recuado assim. considero assim a carta shadow umas das preferidas minha pros zagueiros.
    no fifa é extremamente dificil jogar com um camisa 10 que dá dinamica ao jogo, os meias precisam recompor quase sempre o que torna quase impossivel usar maestro no 10. ótimo artigo, valeu.
    surgiu um boato de que além dos totys pode sair uma outra equipe, será?

    • Olá Israel,
      Alguns YouTubers e ProPlayers brasileiros estão postando que ‘talvez’ a EA inove esse ano e lance 11 titulares (na forma convencional) + 7 ou mais reservas (banco) eleitos pela comunidade de fifeiros no mundo.
      ciente para ssim como o ‘mestre’ Rodrigo também acho duvidoso que isso aconteça, mesmo pq não há tempo suficiente para uma ‘eleição’ gigantesca como essa.
      Mas como todo ‘boato’ sempre tem um fundo de verdade vamos esperar.

      Abraços

Comente

Please enter your comment!
Please enter your name here