Guia das Equipas Híbridas para FIFA 18 Ultimate Team

29
Guia das Equipas Híbridas para FIFA18 Ultimate Team

 

Nós já cobrimos aqui a construção de equipas FUT baseadas numa só liga ou numa só nacionalidade. Agora é tempo de saltar para o nível seguinte: as híbridas. Neste guia das equipas híbridas para FIFA 18 Ultimate Team, iremos explicar o que é uma hibrída, que tipos destas equipas existem, quando é que são preferíveis e como construir uma.

 
 

EQUIPAS HÍBRIDAS EM FIFA 18

INTRODUÇÃO
TIPOS DE HÍBRIDAS
VANTAGENS E DESVANTAGENS
COMO CONSTRUIR UMA HIBRÍDA


 
 

Introdução às Híbridas

O que é uma equipe híbrida?
 

O conceito de construir times virtuais com seus jogadores favoritos considerando as barreiras que a química lhe impõe é uma característica que é única do modo FIFA Ultimate Team. Apesar de essa “limitação” não comover alguns, ela aumenta o nível de complexidade e satisfação ao construir equipes, em particular equipes híbridas no FUT.

Uma equipa híbrida contém necessariamente jogadores de pelo menos duas nacionalidades e pelo menos duas ligas. Antes de nos aprofundarmos melhor no assunto, e de modo a ajudar aqueles que estão começando, vamos esclarecer o que é que significam alguns dos termos relacionados à montagem de equipes.

QUÍMICA
O sistema específico usado em FUT que determina o quão bem os jogadores jogam no FUT baseado nos seus companheiros de time que estão em volta (entrosamento), na sua posição e em outros fatores mínimos.

CONSTRUÇÃO DE EQUIPE
O processo de criar um time, geralmente tendo um objetivo específico em mente, para usar no FUT. As equipes que geralmente mais ganham atenção são as equipes híbridas, onde quanto maior a criatividade, melhor.

EQUIPE/TIME
O seu time titular de 11 jogadores que pretende usar no FUT. Isso não inclui os jogadores de banco/reservas.

QUÍMICA PERFEITA
Isso se refere à situação em que todos os jogadores de um time têm pelo menos 9 de química individual. Além disso, pode se referir a um único jogador tendo pelo menos 9 de química. Um time inteiro pode ter 100 de química mas ainda não ser considerado uma equipe de química perfeita se alguns jogadores têm menos de 9 de química.

LIGAÇÕES
A ligação entre dois jogadores adjacentes num time, representada em forma de linhas coloridas. As cores são indicativos da intensidade das ligações.

É impossível explicar o que é uma Equipe Híbrida sem antes falar sobre a Química. Este é um sistema no FUT que determina como o jogador vai se sair em campo de acordo com as similaridades entre o mesmo e os seus companheiros de time. Na vida real, é uma medida de quão bem jogadores que jogam pelo mesmo time vão conseguir se entender. Geralmente, o time joga bem quando os jogadores se conhecem bem já que assim conseguem antecipar os movimentos e estilo de jogo um do outro, um conceito que se reflete tanto na vida real quanto em FUT. No FIFA, a EA bolou um plano mais simplista de modo a mensurar a química. É um sistema que existe desde o passado nos modos de jogo offline mas agora é exclusivo do FUT. Baseia-se no liga em que joga o jogador, no seu clube e na sua nacionalidade. Quanto maior é essa ligação, melhor será a performance do jogador. Contudo, note que numa equipe qualquer, um jogador não irá passar a bola melhor ou fazer jogadas melhores com um ou outro jogador em específico de acordo com a intensidade da ligação entre eles. O valor de química de um jogador afeta unicamente a ele.

Valores de química variam entre 0 e 10 em relação à qualidade das ligações de um jogador, sendo os valores maiores melhores. É bastante recomendado que você use um jogador com pelo menos 9 de química para permitir-lhe dar o seu melhor em campo. Qualquer coisa menor que isso e você irá perceber que as suas habilidades de passar, correr, chutar e dar botes não parecerão as mesmas. Para dar a um jogador química perfeita, introduziremos um sistema arbitrário de modo a explicar isso.

As ligações vêm numa variedade de quatro intensidades: fraca, média, forte e hiper (também chamada de perfeita).

Guia das Equipas Híbridas para FIFA 18 Ultimate Team

Ligações vermelhas/fracas são onde dois jogadores jogam em ligas diferentes e têm nacionalidades diferentes; eles têm pouco em comum. Essa ligação lhe resultará num valor arbitrário de -1.

Ligações amarelas/médias existem quando dois jogadores têm a mesma nacionalidade ou jogam na mesma liga (mas não ambos). Note que ligas diferentes do mesmo país não contam como sendo a mesma liga (por exemplo: Ligue 1 e Ligue 2). Porém elas têm, sim, um pouco em comum então a ligação resulta no valor 0.

Ligações fortes/verdes podem significar uma de duas coisas. Uma é quando dois jogadores adjacentes têm a mesma nacionalidade e jogam na mesma liga em clubes diferentes, e outra é quando jogam no mesmo clube mas têm nacionalidades diferentes. Isso resulta em +1.

Ligações perfeitas acontecem quando dois jogadores do mesmo clube e mesma nacionalidade estão lado a lado. Essas são verdes do mesmo modo que as ligações fortes no FUT, porém são geralmente perceptíveis em websites de simulação de equipes por serem verde claras. Esses jogadores têm muitas similaridades, logo representam um valor de +2.

De modo a conseguir um jogador com química perfeita, você só precisa que suas ligações resultem num valor maior ou igual a zero. Qualquer valor maior que 0 não significa nenhuma melhora na performance do jogador. Isso explica a tendência de a maioria dos jogadores construírem equipes com jogadores de uma só liga ou de uma só nacionalidade, já que isso faz com que todo mundo tenha um valor arbitrário de pelo menos 0. Porém, isso reduz muito o potencial de uma equipe e a habilidade de combinar seus jogadores favoritos caso eles joguem em ligas diferentes ou tenham nacionalidades diferentes.


 
 
 

Tipos de Híbridas

Equipes híbridas não são tudo a mesma coisa
 

Uma equipe híbrida no FIFA 18 pode ser feita de três tipos diferentes de acordo com quão difícil é montá-la: básica, moderada ou complexa.

 

Básica

A híbrida mais básica envolveria a incorporação de um só jogador com liga diferente dos demais jogadores da equipe.

Por exemplo, vamos imaginar que estamos montando uma equipe sem restrição de preço baseada na La Liga. Essa liga tem os melhores do mundo, mas não em todas as posições. Por exemplo, há melhores goleiros em outras ligas. Se utilizarmos uma formação com quatro defensores, podemos criar uma situação onde daria facilmente para incluir um jogador de fora da La Liga enquanto mantemos a química da equipe perfeita. Para conseguir isso, poderíamos usar zagueiros espanhóis da liga com um goleiro espanhol que joga numa outra liga. Teoricamente, se adicionarmos um jogador dessa natureza, na escala arbitrária de química ele seria 0 + 0 = 0, logo teria química perfeita. Por exemplo, consideremos a clássica formação 4-4-2 onde iremos usar Piqué e Ramos como dupla de zaga, duas das peças mais poderosas que se pode ter na defesa com essa liga (e no jogo inteiro). Isso significa que agora podemos jogar com o De Gea no gol, que é da Premier League e sem dúvida bem melhor do que as alternativas da Liga Espanhola. Abrimos então uma situação onde houve um upgrade significante na posição do goleiro sem afetar o resto do time em termos de química. Assim, o time agora contém pelo menos duas nacionalidades e duas ligas, logo já pode ser considerado um time híbrido, apesar de simples.

Guia das Equipas Híbridas para FIFA 18 Ultimate Team
 

Moderada

Esses tipos de equipes têm um nível moderado de hibridez e são provavelmente o melhor jeito de pôr dois jogadores que normalmente teriam uma ligação fraca entre si juntos. Esta categoria cobre uma alcance bem grande de híbridas, como equipes meio-a-meio e ligações perfeitas. Você pode aprender mais sobre esses times no último capítulo desse guia.

 

Complexa

Híbridas complexas são provavelmente melhor categorizadas como as híbridas NLD (Nenhuma Ligação Desperdiçada) pois são as mais desafiantes de se fazer e trazem os resultados mais criativos. NLD se refere a uma situação especial em que todo jogador tem as combinações exatas que irão resultar em 9 de química para cada um, não mais que isso, e não menos. Isso também pode ser interpretado como uma forma de todo jogador no time chegar ao valor arbitrário de exatamente 0 na escala de química. Note que esta propriedade não faz com que os jogadores joguem melhor ou pior do que como eles normalmente jogariam com química perfeita. Os seguintes formatos de equipe são o que tornaram as NLD mais populares:

☑️ Snake
Onde as ligações verdes/amarelas formam do começo ao fim um padrão chamado de “snake”

☑️ NDL
Onde todas as ligações são amarelas. Todo jogador na equipe tem um valor arbitrário de 0 devido às suas ligações serem idênticas e portanto ela também tem química perfeita.

☑️ BSG
Uma equipe com jogadores de bronze, prata e outro (bronze-silver-gold).

☑️ 11 card
Também conhecida como equipe ‘arco-íris’, ela inclui 11 tipos de carta diferentes.

Guia das Equipas Híbridas para FIFA 18 Ultimate Team

Apesar de essas equipes não melhorarem de fato o seu modo de jogar no FUT, existe um certo nível de prestígio e respeito em meio à comunidade de FUT associado ao hábito de montar e usar esses times já que demonstram que um certo esforço extra foi feito na hora de planejar a equipe. Também pode lhe trazer bastante satisfação pessoal em conseguir reunir três ou quatro dos seus jogadores favoritos que têm nacionalidades ou ligas diferentes, especialmente quando se trata de uma equipe NLW.


 
 

As Vantagens/Desvantagens das Híbridas

Quando você deve e quando não deve montar uma equipe híbrida
 

Nós amamos as equipes híbridas mas isso não significa necessariamente que são melhores que as equipes baseadas numa única liga ou nacionalidade. Se você não sabe se deveria ou não montar sua própria equipe híbrida no FIFA 18, dê uma analisada nas suas principais vantagens e desvantagens.

Pode haver muitas razões pelas quais você queira evitar usar só uma liga por equipe: a liga em questão pode apresentar alguma posição carente de jogadores bons, pode ser que ela seja muito cara em relação às outras ligas, ou seus jogadores favoritos jogam separadamente e não têm nada em comum em termos de química, etc. As híbridas lhe permitem achar uma solução para esses problemas enquanto ainda fazem com que você teste alguns jogadores que você nunca sequer pensou em usar, mas alguns deles acabam dando muito certo para a sua surpresa.

Embora as híbridas te dêem mais opções de montagem de equipe, elas podem também trazer um pouco de dor de cabeça. Se um jogador se machuca/é expulso/fica cansado demais, pode ser difícil substituí-lo e manter sua equipe com química perfeita, especialmente se se tratar de uma híbrida mais sofisticada. A rotação do time se dá muito mais fácil quando se usa só uma liga, enquanto que com as híbridas, é muito mais recomendado que você tenha dois times e alterne entre eles assim que esse tipo de problema venha à tona.

De modo a juntar dois jogadores que não têm muito em comum, você pode ser forçado a usar alguém para ligá-los que você não iria querer usar normalmente mas é a sua única opção para manter a química perfeita. E esse jogador ainda vai ser difícil de substituir sem que isso afete o seu estilo de jogo. Então embora as híbridas NLW pareçam incríveis para você e seus amigos, elas quase sempre trarão consigo esse defeito. Nesse caso, pode ser que a sua melhor opção seja remontar completamente a equipe.

Por último, as híbridas requerem tempo para serem montadas. Se você tem achado FUT meio entediante e quer remontar o seu clube inteiro, só tenha em mente que vai demorar mais para montar híbridas com química perfeita do que escolher uma só liga ou nacionalidade pro seu novo time.


 
 
 

Como Construir uma Equipa Híbrida

Dicas para construir híbridas mais facilmente e mais rapidamente
 

Por definição, uma híbrida é uma equipa formada por jogadores de diferentes ligas e nacionalidades. Elas são difíceis de construir e, a menos que você já possua alguma experiência, irá perder imenso tempo até conseguir fabricar uma com química elevada. Propomo-nos aqui a tentar ajudá-lo nesse processo mostrando-lhe três truques que tornarão tudo muito mais ágil.

 

Técnica da Divisão da Equipa em Dois

As equipas híbridas são as mais perfeitas que conhecemos. Permitem que recorramos a outras ligas ou nacionalidades para completar a equipa nas posições que achamos estarem mais mal representadas. Se forem bem feitas podem reunir um maior leque de jogadores de qualidade sem prejudicar a química. Mas fazer uma equipa híbrida com boa química pode não ser fácil. Um dos métodos que pode ser utilizado consiste, se a formação o permitir, em partir a equipa ao meio. Cada um dos lados é formado por jogadores de uma liga ou nacionalidade diferentes. Esta condição é suficiente para garantir uma química elevada, pois nenhum jogador terá mais de uma ligação inexistente.

Para elucidar o quão bem este método resulta, construímos uma híbrida da Serie A / Ligue 1. A repartição da equipa em dois, foi feita de modo a que o lado direito pertencesse aos jogadores da Liga Francesa e o lado esquerdo aos jogadores da Liga Italiana. Como pode ver pela imagem de baixo, todos os jogadores têm química individual 10 após receberem o bónus de lealdade. Todos os jogadores que têm uma ligação inexistente necessitam de uma ligação forte ou hiper para atingirem o pleno da química. Se olhar para Fabinho, por exemplo, verá que ele não joga no PSG mas é Brasileiro e está na Ligue 1, tal como Thiago Silva. Se o substituísse por João Moutinho, já não conseguiria manter a química máxima.

Guia das Equipas Híbridas para FIFA 18 Ultimate TeamPara ver as químicas individuais, por favor clique aqui.

 

Analisemos os pontos fortes e os pontos fracos desta técnica:

✅ Também resulta se a divisão da equipa for feita transversalmente, ou seja, entre a defesa e o meio campo.
✅ Muito fácil de aplicar.
❌ Nem todas as formações permitem boas divisões da equipa em duas partes.
❌ Os jogadores junto dos quais é feita a divisão podem necessitar de uma ligação forte para atingirem a química máxima.

 
 

Técnica dos Jogadores Chave

Existem táticas mais propícias que outras à construção de equipas híbridas com boa química. É o caso da 4-2-3-1, por ter dois elementos chave que permitem a separação da equipa em dois. Esses jogadores deverão possuir caraterísticas que liguem bem com qualquer uma das duas partes. Desta forma é possível fazer algo parecido à técnica anterior mas sem que a tática tenha de ser divisível ou sem os problemas de química dos jogadores que fazem a ligação entre as duas ligas ou duas nacionalidades.

Para elucidar o quão bem este método resulta, construímos uma híbrida de jogadores Espanhóis e de jogadores da Premier League. Os dois CDM’s são os jogadores chave nesta tática. Escolher um Espanhol da Liga Inglesa foi suficiente para garantir uma química máxima em todos os jogadores que incorporam a parte atacante e em todos os jogadores Espanhóis que incorporam a parte defensiva. Para muitos deles, não foi sequer necessário a contratação de um manager.

Guia das Equipas Híbridas para FIFA 18 Ultimate TeamPara ver as químicas individuais, por favor clique aqui.

 

Analisemos os pontos fortes e os pontos fracos desta técnica:

✅ Se os jogadores chave fizerem a transição corretamente, não há necessidade de mais ligações para além das fracas em cada uma das partes.
❌ As formações em que é possível aplicar esta técnica são muito escassas.

 
 

Técnica das Ligações Perfeitas

Os mais experientes podem construir uma equipa que, no seu conjunto, aparentemente pouco tem em comum. A técnica das ligações perfeitas, ao contrário das outras, não se baseia numa liga ou numa nacionalidade mas sim em ligações hiper. Ou seja, cada jogador terá de ter uma ligação com pelo menos um colega da mesma equipa e nacionalidade. Para jogadores com três ou menos ligações esta condição é suficiente para que alcancem a química máxima. As equipas resultantes desta técnica são as mais originais de todas pois podem ter mais de 6 ligas e nacionalidades diferentes.

Para elucidar o quão bem este método resulta, construímos uma híbrida de quatro ligas diferentes. Apesar da maioria das ligações ser inexistente (vermelha), conseguimos obter a química máxima para todos os jogadores. Se no seu caso alguns jogadores não conseguirem ficar com química máxima, então é nesses que o bónus do manager se deve concentrar. Para jogadores com apenas duas ligações, a ligação hiper é substituível por uma forte ou duas fracas, sem prejuízo da química. Foi o caso de Kyle Walker, Sterling e Gaitán. Esta técnica permite que se recrutem os jogadores que julgamos mais capazes sem nos termos de cingir a uma liga ou a uma nacionalidade.

Guia das Equipas Híbridas para FIFA 18 Ultimate TeamPara ver as químicas individuais, por favor clique aqui.

 

Analisemos os pontos fortes e os pontos fracos desta técnica:

✅ Permite a construção de equipas verdadeiramente únicas.
❌ Número de jogadores com ligações hiper é limitado.
❌ Para jogadores com quatro ou mais ligações, a química máxima só pode ser alcançada com o recurso a outras ligações e a bónus.

 
 

29 COMENTÁRIOS

  1. Depois de ter começado inicialmente com um time da Bundesliga (revezo com um time da Calcio A), resolvi usar os conceitos apresentados pelo artigo para, usando a mesma quantidade de moedas e utilizando jogadores inegociáveis (como Raffael IF, Bonucci e Donnaruma), continuar aproveitando a qualidade dos alas da Bundesliga, ter melhores MC com qualidade e preços nada salgados, além de utilizar os baratos e ótimos defensores da Calcio A para formar uma defesa consistente e barata. Assim, cá está o meu elenco:

    https://www.futbin.com/18/squad/2963915

    A formação e os conceitos das equipes híbridas ainda poderão auxiliar futuramente em melhoras que poderei promover, sem alterar em nada a química: Tolisso pode ser substituído por Vidal ou James Rodriguez (com as competentes mudanças de posição); Rodriguez IF pode ser substituído por Alex Sandro (eu o tenho no meu time principal); donnaruma pode ser substituído por Handanovic ou Buffon; Raffael IF pode ser substituído por Auba ou Lewa; Benatia pode ser sucedido por chielini (também o tenho em meu elenco principal); etc. Todas as informações prestadas foram de grande valia na montagem do time! Meu muito obrigado!

  2. Olá Grande Jorge!!!
    Em resposta a sua dúvida segue abaixo um post antigo do Rodrigo Lopes sobre o cálculo de química quando efetuamos uma substituição.

    link > https://www.easports.com/br/fifa/ultimate-team/tips-and-tricks/how-chemistry-works-in-fut-17

    Como pode perceber a Química do Time é 100, pois é a soma individual da química dos jogadores. Portanto se os 11 jogadores tiverem 9 a soma será 99 e basta colocar um técnico no banco para se alcançar 100, que seja da mesma liga ou nacionalidade do time.

    Desta forma pode-se criar diversas situações onde a Química do time fica em 100 e ainda a Química Individual do jogador seja 10.

    Essa matemática apenas vale para o 11 inicial, pois quando algum jogador do banco entra durante a partida sua Química Individual é afetada conforme o link descrito acima.

    Daí podemos concluir que conforme o jogador em questão, as vezes vale a pena a substituição e outras nem tanto, daí o segredo e a diversão de montar ‘Squads Perfects’ onde a substituição seja apenas pontual e não afete tanto a química do jogador.

    Porém, como sempre isso é um ponto discutível entre a comunidade e não há um consenso, pois o próprio Rodrigo Lopes não acredita 100% nessa Química proposta pela EA, já que até o Fifa 15 o jogador que entrava tinha um rendimento muito superior ao que saía.

    Existem muito Pro Players que utilizam esse ‘macete’ de substituir os jogadores e muitos como o Wendell Lira APENAS trocam a formação deixando por ex. o PD/PE como MEI depois da troca de formação, pois isso não afeta a Química Individual já que o 11 inicial é o mesmo, apenas trocamos de posição durante o jogo.

    Quem joga Squad Battles percebe que no 2º tempo a ‘máquina’ coloca o Sergio Ramos como ATA e assim por diante, apenas como ex.

    Quem jogou Fifas antigos lembra que se usava muito o Roberto Carlos (LE) como ATA e ele era um verdadeiro ‘mito’ do jogo.

    Portanto, a verdadeira questão é poder montar um time que vc goste e se sinta confortável jogando, o conhecimento técnico é muito complexo e ainda existem as ligações super e hiper (aquelas verdinhas) e mais uma série de ‘macetes’ e ‘segredos’ que a EA não faz questão alguma de explicar.

    Em resumo nesse time que postei anteriormente com o Matuidi, Nani, William e o Rui Costa de ATA é um dos ‘melhores possíveis’ com Química 10/100 e se colocar o Nainggolan no 11 inicial ele começa com química 8, e por ser o melhor MC do jogo isso não irá interferir em quase nada sua performance.

    Se no entanto preferir começar com ouro MC e se fizer as contas quando o Nainggolan entrar ele terá uma química individual menor que 7, daí é necessário ponderar o que é melhor no seu estilo de jogo e na sua estratégia para conseguir a vitória.

    Espero ter ajudado a elucidar mais um ‘ponto nebuloso’ nesse ‘joguinho do mal’ que é o Fifa Ultimate Team, com a brilhante ajuda do Rodrigo Lopes que explica tudo sobre química no post acima.

    Abraços

    • Fantástico mito Mário! Muitíssimo obrigado por despreender do seu tempo e conhecimento. Explicação perfeita. E muito obrigado Rodrigo por servir de base ao Mário e por sempre estar atento às nossas postagens.

      Amigos, que jogo do mal kkk que obscuridade essa EA! Ela não explica as coisas direito. Segundo o link postado:

      “Um jogador que entra do banco: 25% do Entrosamento do Time e 75% de um Entrosamento individual estático de 5.

      A fórmula a seguir mostra o cálculo dos efeitos do Entrosamento sobre as Qualidades do Jogador:

      (Entrosamento do Time * 0,25) + (Entrosamento do Jogador * 7,5)

      Se o número resultante for maior que 50, as qualidades dos jogadores começam a melhorar até o máximo de 99.

      Se o número resultante for 50, o número é neutro e o jogador não recebe nenhuma alteração em suas qualidades básicas.

      Se o número resultante for 49 ou menor, as qualidades dos jogadores são reduzidas até o mínimo de 1”.

      Então vamos supor que meu jogador entre do banco em um time com 100 de entrosamento, nisso ele garante 25 “pontos”. Como ele engra do banco, entra com um entrosamento indivodual de 5. Na fórmula proposta pela EA é 75% destes 5 pontos que resulta em 37,5. Somando os dois resultados, temos 25+37,5=62,5.

      Segundo a EA, “Se o número resultante for maior que 50, as qualidades dos jogadores começam a melhorar até o máximo de 99”, no resultado da fórmula obtive 62,5 pontos, logo, a qualidade desse jogador começa a melhorar até o máximo de 99.

      Então, entendo que toda essa conta acima foi só para saber de uma coisa: se as qualidades básicas do jogador vão aumentar (entrosamento maior que 50), manter-se no número original (entrosamento exato em 50), ou se irão diminuir até 1 (entrosamento menor que 49). E entendo que essas qualidades básicas a EA esteja se referindo ao físico (interceptação, stamina, etc), ao drible (controle de bola, etc), e etc.

      Então, no final das contas, entendo e chego a conclusão de que:

      Qualquer jogador que entrar do banco em um time com entrosamento de 100 estará apto a ter suas qualidades básicas podendo melhorar até 99 pois terá uma soma total de 62,5 que é maior que os 50 citados pela EA.

      Agora, será que vai melhorar muito as qualidades básicas de um jogador que entra do banco?

      Vamos lembrar que todo jogador que entra do banco terá de forma estática “5” de química individual, e olhando a tabela sobre o efeito das cartas de entrosamento com base na química individual de cada jogador, é fácil perceber que todo jogador que entrar do banco terá o mínimo de efeito das cartas de entrosamento pois terá 5 de química. Não aumentará quase nada, mas por ele ter tido 62,5 pontos de entrosamento total, o efeito da carta referente a 5 de química irá atuar neste jogador.

      Logo, sempre que um jogador entrar do banco em um time de 100 de entrosamento, ele terá o efeito da carta de estilo de entrosamento mínimo por ter química individual de 5.

      Ainda segundo a EA, “Um jogador no time titular: 25% do Entrosamento do Time e 75% do Entrosamento individual“, a diferença aqui é de que o jogador que já inicia no time titular não terá a química individual estática em 5, e sim a químicoa individual de origem na formação da equipe. Ou seja, sempre que o jogador do time titular tiver uma química de no mínimo 6, compensa iniciar com ele do que colocá-lo no decorrer do jogo, poi ele terá na fórmula da EA 70 pontos, o que o habilita a ter o efeito das cartas de estilo de entrosamento, mas o efeito da carta de estilo será em cima da química 6 e não de 5 daquele que entra do banco de reservas.

      Por fim, toda essa conta da fórmula da EA é só pra saber se as qualidades básicas do jogador vão poder sofrer os bônus das cartas de estilo de entrosamento. E em um time com 100 de entrosamento, sempre que o jogador ficar com pelo menos 6 de química individual, compensará iniciar com ele do que ele entrar no decorrer do jogo onde estaria habilitado a ter os bonus da carta de stilo de entrosamento mas que seria o mínimo por ter apenas 5 de química individual.

      Não sei se fui claro, mas grane Mário e Rodrigo, é isso mesmo?

      Abraços!!!

      • Olá Jorge,
        Essa discussão é muito longa e um pouco mais ‘complexa’ e na verdade não chegaremos a lugar algum.
        Como já disse anteriormente a própria comunidade não chegou a um consenso e a dona EA Sports faz questão de se manter ‘calada’ a respeito das ‘verdadeiras stats’ e suas possíveis alterações quando usamos as cartinhas de estilo de entrosamento, pois isso possivelmente causaria uma queda na sua arrecadação de $$$, etc… etc… etc…
        Para não me tornar monótono e cansativo, existe um famoso site chamado FutBin onde podemos montar diversos Squads e dentro do site existe uma ferramenta muito utilizada que demonstra em nºs as variações dos stats quando aplicamos as diversas cartas de estilo de entrosamento, e mais do que isso, existe a possibilidade de alterar tanto a química individual como do time.
        Portanto usando o FutBin podemos claramente verificar que se colocarmos uma cartinha de ‘Artista’ no Nainggolan normal na posição de MC (CM) (86) ele ficará com esses Ratings:
        Química Individual 10 – Rating 92
        Química Individual 8 – Rating 90
        Química Individual 7 – Rating 88
        Química Individual 6 – Rating 87
        Essa é apenas uma amostragem das variáveis possíveis, já que se colocarmos outras cartas de estilo de química esses nºs se modificam, sempre para menos.
        Ainda existem os stats que se alteram e muito conforme o estilo de química.
        Resumindo no ex. acima do Nainggolan normal como MC no time proposto por mim, se ele entrar no 11 inicial ele estará com química 8 e se estiver usando a cartinha de ‘Artista’ estará com Rating 90, bem próximo ao Rating máximo de 92 caso estivesse com 10 de química.
        Já entrando do banco ele entrará com 6,25 arredondando ficará com 6 de química e Rating de 87, portanto mais baixo e com rendimento menor.
        Entretanto, a questão principal é que não apenas afetará suas stats se colocarmos a cartinha de estilo de entrosamento, mas sim seu desempenho mesmo sem a cartinha de estilo pode ser comprometido em função que seus stats diminuirão proporcionalmente ao seu Rating.
        Essa explicação não está em lugar algum, pois por curiosidade se alterarmos para o estilo básico ele ficará com Rating 87/10 e 85/6 e se dermos ‘Reset’ no estilo de química ele ficará com 84/10.
        Portanto, não faz sentido algum existir a Química e o Entrosamento no FUT se ambas não funcionarem ou alterarem os ‘stats’ e os Rating dos jogadores.
        Por curiosidade esse debate anteriormente já provocou até processo judicial contra a EA Sports, que possivelmente terá que arcar monetariamente para ressarcir e reparar uma possível ‘manipulação’ contra os consumidores do FUT.
        Por fim o Rodrigo Lopes, eu e mais algumas centenas ou milhares de Fifanáticos sabemos que muita coisa é ‘mentira’ e muita coisa é ‘verdadeira’.
        Porém o Rodrigo não acredita nessa fórmula proposta pelo FutBin para o cálculo das stats, já que isso é cópia de diversos sites europeus e americanos que disseminaram a fórmula baseados em dados ‘não oficiais’ da EA Sports.
        Portanto, as vezes é melhor ter a oportunidade de ter uma visão mais ampla sobre o assunto do que ficar na ‘escuridão’, e muitas vezes é melhor não ficar sabendo para poder jogar ‘tranquilo’ e ‘psicologicamente’ pensar que o Nainggolan que entra do banco terá 10 de química e estará rendendo o máximo dentro do jogo.
        Hoje vc tem a oportunidade de ‘acreditar’ no que quiser, pois ficou sabendo de mais um ponto ‘nebuloso’ da química e do entrosamento.
        Por isso antigamente, e até hoje monto times Hibridos e até ‘baratos’ pensando apenas na diversão.

        Abraços e um ótimo Natal a todos da comunidade fifaUteam!!!

          • Em breve lançarei um guia do rating que dará uma ideia um pouco diferente do que ele é para a maioria das pessoas. Acho que ainda estamos todos muito presos à relação química/rating em vez de nos preocuparmos com a relação química/atributos. Mesmo os atributos base, pouco importam se mudam ou não com a química. O que interessa são todos os 36 atributos, e esses sim, são afetados pela química em função do estilo, de se é suplente ou não e da química indivisual/equipa.

        • Pois é amigo, muitas coisas são apenas para gerar lucro, e muitas coisas não são claras. Pessoalmente até hoje desconfio dessas cartas de química e de Cartas IF. O que mais faz diferença pelo menos no online é a tática. Canso de perder para times teoricamente fracos e ganhar de times cheios de IFs e ICOns.

          • Olá BlueScorpion,
            É isso mesmo. a dona EA Sports e a’velha’ mania de obter o máximo de lucro ‘a qq custo’ e de forma muito pouco ‘transparente’.
            Vc tem razão quanto em desconfiar das IF’s e das cartas de química, na verdade durante o jogo não conseguimos perceber a ‘real’ mudança no desempenho do jogador, já que existem centenas de variáveis envolvidas.
            De modo geral quando enfrentamos times considerados ‘fracos’ e de Rating baixo o jogador que controla o jogo é melhor que nós.
            Acho que essa é a ‘verdadeira’ ou deveria ser a causa principal, porém existem inúmeras possibilidades e sem falar no ‘maldito’ Handcap.
            Esse ‘joguinho do mal’ atiça nossos instintos mais primitivos e nos deixa viciados e nos torna Fifanáticos dependentes.

            Obrigado pelo comentário e Boas Festas a toda a sua família!!!

            Abraços

  3. Equipe Híbrida Premier + Calcio A

    Formação: 41212(2)
    Manager Brasileiro com Calcio A

    GK: De Gea
    RB: Walker
    CB: Bailly
    LB: Alex Sandro
    CB: David Luiz
    CDM: Kante
    CM: Pogba
    CM: Naingolan
    CAM: Rui Costa (DME)
    ST: Lukaku
    ST: Defrel (para dar química com Naingolan, ao iniciar o jogo dou uma pausa e coloco o Zaha IF)

    Comunidade fifanática, esta é mimha equipe híbrida.

    Gostaria de uma opinião sobre meus atacantes. Não estou conseguindo encontrar dois que se encaixem bem. Para comprar os dois atacantes eu teria por volta de 150k.

    Meu jogo é mais de toque, tanto que coloquei bons passadores e fortes no meio campo.

    Se alguém puder opinar sugestões eu agradeço. Tanto para atacantes como para outras posições. Como por exemplo vender pogba e investir em outros jogadores.

    Muito obrigado!!!

    • Grande Jorge!!!
      Seu Híbrido é excelente, e eu já tive um bem parecido com esse da PL com algumas mudanças por questão de gosto pessoal.
      Esse time possui uma das melhores defesas do jogo + os 2 melhores laterais + o melhor goleiro e o melhor meio de campo possível da Série A + PL.
      Portanto é muito difícil mexer nessa equipe sem causar algum estrago de qualidade, porém se me permite tomei a liberdade de ‘vender’ o mito Pogba (muito caro pelo desempenho) e o Defrel (fraquíssimo e propenso a lesões facilmente) e o Zaha IF pelos comentários da comunidade deixa a desejar como ATA.
      Abaixo segue uma pequena sugestão de um Híbrido Perfeito que é possível criar sem perder muita qualidade e ainda melhorando o ATA e a Marcação de qualidade.

      link > https://www.futbin.com/18/squad/2385054

      Eu ainda compraria o Ibrahimovic como MEI (maestro) e colocaria no lugar do Rui Costa, dessa forma poderia fazer inúmera alterações durante o jogo, mudando inclusive de formação sem prejudicar a ‘maldita’ química.

      Por ex. dando pausa durante o jogo, alterar o Nainggolan como Vol no lugar do Dembelé, colocando o Dembelé como MEI, passando o Kanté para a esquerda e colocar o Ibrahimovic no lugar do Kanté.

      Essa é apenas uma das possibilidades, como pode perceber existem muitas que dariam mais trabalho pro adversário. Mas o mais importante é que o time melhora muito.

      Abraços e uma ótima semana!!!

      • Muito obrigado Mario pelo seu retorno. Muito interessante sua sugestão. Não gosto muito do Mertens e Dembele, mas me abriu a mente para possibilidades novas.

        Estava insatisfeito com o Zaha IF e Pogba e acabei seguindo seu conselho e reformulei o time. Talvez não seja o mais indicado o que eu fiz, mas estou muito mais satisfeito quanto aos resultados. Montei um time base e assim que começa o jogo eu pauso e altero três peças de uma vez, tendo em vista que isso não afetará mais a química do time.

        Formação: 4321
        GK: De Gea
        RB: Walker
        CB: Bailly
        LB: Alex Sandro
        CB: Chielini
        CM: Nainggolan (Colocado após iniciar o jogo)
        CM: Kante
        CM: Rui Costa (Sei que rende maos como MEI mas estou em uma formação sei MEI. Na verdade me arrependi de ter feito o DME dele, gastei 650k e acho que não compensou)
        MAE: Alexis Sanches (Colocado após iniciar o jogo)
        MAD: Bale (Colocado após iniciar o jogo – Curto demais o Bale, ontem fiz um Scorpion Kick com ele que o rapaz até desistiu da partida de raiva kkk)
        ST: Lukaku

        Mario, Rodrigão e amigos, compensa gastar as três substituições (Bale, Nainggolan e Alexis) assim logo de cara? Eu não costumo mesmo usar o banco. E com esses jogadores consigo ir para a 41212(2) ou 433(4) quando preciso.

        Assim fico com laterais muito bons (Alex Sandro e Walker), zagueiros top (Chielini e Bailly), meia centrais conceituados (Kante, Nainggolan e Rui Costa) e um ataque com Bale, Alexis e Lukaku.

        Ainda me sinto insatisfeito com Lukaku e Rui Costa. Mas depois de ter gastado tanta grana com o Rui na DME, me recuso a coloca-lo no banco kkk e o Lukaku, nao sei, não me passa muita confiança.

        Abraços galera!!!

        • Olá Grande Jorge,
          Time Perfect e excelente, já joguei com o Alexis Sánchez e ele é simplesmente um goleador e o melhor PE do jogo, assim como o Bale é o melhor PD do jogo e meu sonho de consumo.
          CR7 e Messi são melhores, mas nem tanto, e custam 10 vezes mais.
          Como vc não escalou seu time inicial, tomei a liberdade de montar um time com seus jogadores e as 3 substituições pontuais.

          link > https://www.futbin.com/18/squad/2407747

          Como pode observar o Nani está na PE e o William na PD, os 2 jogadores são excelentes e cumprem a função de alas perfeitamente.

          A mudança ‘radical’ e uma sugestão nada ‘usual’ é colocar o Rui Costa de ATA com uma cartinha de estilo de entrosamento ‘Caçador’ ou ‘Falcão’ dessa forma ele fica melhor que o Lukaku, já que ele não pode ser vendido.

          Daí vende o lukaku e terá ainda dinheiro de sobra pra gastar na melhoria de algum jogador como o Nainggolan IF.

          O Schneiderlin está lá só para dar liga e é um VOL mediano, se quiser pode colocar o Kanté no lugar dele e colocar outro MC na direita da PL, fica a seu critério.

          Quanto as substituições não precisa ‘queimar’ as 3 de cara, pode por ex. usar o Nainggolan direto no time principal, se usar um técnico da Série A ou Belga + 10 jogos ele fica com entrosamento 8, algo razoável e muito melhor que qq substituição, pois se substituir durante o jogo ele ficará com entrosamento menor que 8 com certeza.

          Eu começaria com esse time e depois de 20 min caso o jogo esteja truncado ou difícil, aí sim pensaria no Bale e no Sánchez, teria eles como ‘arma secreta’ e mortal para o 2º tempo ou uma virada de jogo.

          Tão importante como formar a equipe e ter uma formação definida é ter uma estratégia de jogo e saber o momento certo de usá-la, ou seja, os 15/20 min iniciais é a hora de estudar o adversário e assimilar seu estilo de jogo e detectar seus pontos fortes e fracos.

          Por isso é importante não mostrar todas suas cartas e possibilidades de cara, pois se o ‘cara’ for bom e tiver noção do jogo, vc simplesmente terá dado a ‘faca e o queijo’ e não terá mais nenhum ‘trunfo na manga’.

          Seu time é excelente, e me deixou com ‘inveja boa’ de copiá-lo, pois a muito venho tentando usar o Sánchez e o Bale no mesmo time.

          Abraços e espero que tenha ajudado de alguma forma, e desculpe se falei alguma bobagem.

          Excelente semana!!!

          • Mario, mais uma vez você me abriu a mente para as possibilidades! Curti demais a ideia do Rui Costa de ATA. E me ensinou muito com a estratégia dos 15’ a 20’ de jogo para então se necessário fazer alterações. Acabei de me classificar para a Weekenfd League e vou testar essa ideia em alguns jogos online para chegar com uma ideia firme na WL.

            MAS você me deixou com uma GIGANTE interrogação na minha cabeça. Vou colar o texto que você escreveu.

            “Quanto as substituições não precisa ‘queimar’ as 3 de cara, pode por ex. usar o Nainggolan direto no time principal, se usar um técnico da Série A ou Belga + 10 jogos ele fica com entrosamento 8, algo razoável e muito melhor que qq substituição, pois se substituir durante o jogo ele ficará com entrosamento menor que 8 com certeza”

            Vamos para a minha dúvida. Se eu escalo por exemplo inicialmente um time da Premier e no time todos ficam com química individual 10, e no meio do jogo eu coloco um jogador de outra liga, nada a ver, no lugar de um Jogadpr que está com química individual 10. Pergunto: Este jogador que entrou também fica com química individual 10 ou ela fica com a química afetada como se eu tivesse colocado ele na escalação inicial? Não sei se deu pra entender

            Em suma, substituições no meio do jogo não afeta só o entrosamento do time ou não afeta também as químicas individuais? Inclusive de quem entra?

            Espero que tenha sido claro. Pois sempre achei que não afetava nada, por isso colocava o bale, nainggolan e alexis de boa, achando que todos ficariam com química individual 10 por terem entrado no lugar de um jogador que estava com química 10.

            Agradeço ao mrio, Rodrigo e quem puder me esclarecer.

            Abraços!

  4. Olá Rodrigo,
    Acabei de vender o Van Der Sar por 403k e obtive lucro de 140k, irei começar o ‘desmanche’ do meu antigo time da Bundes A (excelente time) e começar a montagem de um novo híbrido, o esboço encontrasse logo abaixo:

    link > https://www.futbin.com/18/squad/2373572

    Terei uns 2kk de coins para gastar e aceito sugestões e Dicas e da comunidade e suas preciosas recomendações, principalmente no lugar do Busquets e do Herrera.

    Abraços a todos do fifaUteam

    • Grande mito Mario Inglese!

      Tentei ver opções para seu time mas não encontrei saída para o Busquets e Herrera pois a química fica muito presa devido a ter três ligas. Seu esquema foi manter ali no centro e zaga a nacionalidade espanhola, por isso qualquer mexida acaba não batendo. Não sei se vale apena do jeito que fez pois com tantas coins disponiveis, colocar busquets que é lento e herrera Que é bom mas normal no meio campo em detrimento destas três ligas, penso que não valha apena.

      Vou fazer um post com minha equipe que gastei 2kk e agradeço se puder comentar. E tambem fica como sugestao. Abracos.

        • Olá Rodrigo,
          Obrigado pela sinceridade e honestidade. Realmente o Busquets esta lá para dar liga com os espanhóis, porém achei um jeito de substituir colocando um ICON como o Petit por ex. ou algum outro ICON mais barato.
          Apenas pensei em mudar um pouco e fazer um Híbrido Perfect e mais complexo.
          Na verdade o melhor VOL do jogo é o Nainggolan, Vidal ou Casemiro, ou até mesmo o Fernandinho IF ou Matuidi IF.
          Porém, qualquer um desses VOL precisaria trocar quase metade do time para ter entrosamento aceitável 9 ou +
          O Nainggolan IF é um absurdo de equilíbrio nos stats entre DEF e ATA e sonho de consumo com certeza.
          Irei tentar quebrar a cabeça e conseguir ter algumas idéias de Híbridos diferentes e fortes.

          Abraços e excelente semana!!!

  5. Como sempre, parabens pelo ótimo trabalho Rodrigo!

    Rodrigo e amigos, aqui talvez não seja o lugar, mas preciso de um auxilio da comunidade.

    Estou colocando jogadores para vender e eles saem do meu clube, mas não aparecem no mercado de transferências. Assim não estou conseguindo vender ninguem. Pois ninguem compra pois não aparece nas buscas.

    Isso ja aconteceu com alguém? O que posso fazer?

    Muito obrigado!