Equipa da Época do Resto do Mundo para FIFA 20 Ultimate Team

4
Equipa da Época de FIFA 20

A equipa da Época do Resto do Mundo baseia-se numa seleção dos melhores jogadores que atuam em ligas não abrangidas por qualquer uma das equipas lançadas anteriormente..

 

Equipa da Época do Resto do Mundo para FIFA 20

Esta equipa reúne os melhores jogadores da época.

A Equipa da Época do Resto do Mundo abrange várias ligas de diferentes zonas do globo. Conheça-as aqui.

 

Equipa Oficial

Disponível em pacotes entre 05/06/2020 e 10/06/2020
89 GK Ondrej Kolár (Slavia Praha)
86 GK Benjamin Leroy (Ajaccio)
90 CB Gernot Trauner (LASK Linz)
89 LB Tim Leibold (Hamburger SV)
88 LB Liberato Cacace (Wellington Phoenix)
87 LB Gaetano Letizia (Benevento)
88 CDM Jordi Quintillà (FC St. Gallen)
94 CAM Jonathan David (KAA Gent)
92 CAM Cesinha (Daegu FC)
89 CAM Magnus Wolff Eikrem (Molde FK)
86 RM Jack Byrne (Shamrock Rovers)
85 RM Teruhito Nakagawa (Yokohama F・Marinos)
95 LM Mislav Oršic (Dinamo Zagreb)
86 LM Kamil Józwiak (Lech Poznań)
86 LW Florinel Coman (FCSB)
92 ST Júnior Moraes (Shakhtar Donetsk)
92 ST Odsonne Edouard (Celtic)
91 ST Kodjo Fo-Doh Laba (Al Ain FC)
90 ST Youssef El Arabi (Olympiacos CFP)
89 ST Cristhian Stuani (Girona FC)

VIA SBC
92 ST Deniz Undav (SV Meppen)

VIA OBJECTIVES
92 CM Evander (FC Midtjylland)

4 COMENTÁRIOS

  1. Pensando comigo, qual serão as novidades do Fifa 21. Este programa só é um novo jogo, anualmente, na afirmação dos empregados da EA. Mas não serei injusto.
    No Fifa 19, foi lançado a carta que se ajoelha. O player dá o combate, pressiona o botão, para tentar tomar a bola, e a carta se ajoelha. E não para por aí, a carta do adversário esbarra nas costas da carta ajoelhada e o jogo marca falta contra.
    No Fifa 20, a EA lançou o toque a mais. O player comanda uma finalização e a carta leva a bola para perto do marcador, e só aí executa o comando recebido. Teve também a bola nas costas, ao tocar a bola para o meio, acontece uma animação fazendo a bola ir nas costas do atacante, e o player pode até quebrar o controle, tentando reposicionar a carta, para finalizar. Não conseguirá. É só uma animação.
    No mais, o Fifa 20 é o mesmo Fifa 19, 18, 17…..
    Seria esperar demais da EA acreditar que seria lançado um novo tipo de handcap, desta vez imperceptível. Estava jogando, agora, contra um comprador de Fifa Points, e observando que embora os seus laterais tivessem um pace de 72/75, cada um deles, meus pontas não ganharam nenhum sprint, mesmo partindo antes, e tendo pace em torno de 95. O cara só fazia faltas grosseiras e não tinha qualquer habilidade, mas tinha muita “sorte”. O jogo não marcava nada. Aí perdi a paciência e fiz 3 gols contra, e encerrei um momento que deveria ser de diversão, mas torna-se apenas desnecessariamente desagradável, ao perceber que para atender os interesses financeiros do fabricante, o usuário não comprador de Fifa Points deve perder.
    Muitos já estão agindo assim. Percebeu que está sendo feito de tolo, entregue o jogo.

    • Olá Carlos. Temos vindo a acompanhar a sua frustração nos comentários que tem publicado. Se efetivamente o jogo não lhe dá qualquer alegria, sugerimos que páre de jogar. Existem muitos outros jogos e muitas outras atividades que provavelmente lhe trarão mais satisfação. Abraço

      • Olá Rodrigo. Primeiramente gostaria de agradecer o espaço que você abre em seu blog, e em segundo, por responder ao meu comentário, com a fineza e educação de sempre.
        Contudo, esclareço que não tenho frustrações em relação ao jogo, pelo simples fato de não ter expectativas em relação à EA, depois de alguns anos como cliente.
        Jogo Fifa desde a versão 2012, incentivado à época, por 5 outros amigos que jogavam há mais tempo. Atualmente, nenhum deles joga mais Fifa. Deixaram de comprar por acreditarem que o jogo é manipulado demais, e também afirmam que não compram mais quaisquer produtos da EA, para evitar mais aborrecimentos.
        Sobre os meus comentários, sempre críticos, observe que alguns se referem a desconexões do jogo, em objetivos, quando estava para alcançá-los. Procurei o suporte da EA em algumas situações: – em 2014, uma carta ficou presa na lista de transferências. Resolvi a questão pelo chat online, em inglês. O atendente foi solícito e competente. Fui atendido com presteza e educação.
        Uma 2ª vez, em 2016, liguei para um telefone da EA, em São Paulo/Brasil. Fui atendido por um homem, aparentemente não tão jovem, falando português de Portugal, que me esclareceu uma questão sobre o Fifa no XBox. Porém foi desnecessariamente grosseiro, para responder uma pergunta simples e direta, em um telefone indicado pela EA.
        Nas demais vezes, três ou quatro, recebi respostas por e-mail. Todos com o mesmo conteúdo, independente da questão. Um tutorial informando procedimentos de verificação de redes. Sendo profissional de Informática, especializado e com experiência em Comunicação de Dados, percebi que era uma forma de despachar o cliente, sem perder tempo para resolver o problema. Decidi não procurar mais o suporte da EA.
        Ano passado, ainda no Fifa 19, li em seu blog um comentário de um leitor que passara por alguma situação no jogo, postou um comentário e, segundo o mesmo, teve a solicitação atendida pela EA. Em tom de brincadeira, afirmou que algum estagiário da empresa, acompanharia o blog. Resolvi testar e comentei sobre desconexões que aconteciam, cada vez que estava para alcançar um objetivo. No dia seguinte, mais uma vez, tentei completá-lo, e consegui facilmente, sem novas desconexões.
        Durante o Fifa 20, voltei a ter problemas com os objetivos de Marc Bartra e Falcão Garcia. Após comentar no blog, sobre as situações, no dia seguinte, deixaram de acontecer. Pode ser coincidência, mas pode ser que algum estagiário da EA leia o blog….
        Sobre a profusão de cartas especiais, que aumenta a cada ano, desde o Fifa 18, entendo que descaracteriza o modo FUT, que seria baseado no desempenho dos atletas na vida real. Qualquer carta mediana, está sendo contemplada com versões IF, sempre com overall superior a 88. Uma verdadeira seleção fictícia, descolada da realidade, que originalmente seria a característica do FUT.
        Sobre o handcap, após ler um comentário na Internet, que me pareceu bastante apropriado, indicando que era usado para incrementar a venda de Fifa Points, fiz a experiência de cair para a 10ª divisão, que teoricamente seria a mais fácil, joguei 4 semanas sem comprá-los, e depois mais 4 semanas, comprando Fifa Points, quando subi de divisões com relativa facilidade. Depois voltei para a 10ª divisão, e tive bastante dificuldade para subir uma divisão.
        Alguns dizem não existir, ou que não se provou sua existência. Entendo que a experiência que fiz indica que exista. Notei que vários outros clientes, a maioria, acreditam que o handcap exista, pelos mais variados motivos. Todos atendendo o interesse do fabricante do jogo.
        Quanto a voltar a comprar, ou não, realmente a ideia é de abandonar o jogo. Já não compraria mais o Fifa 20, e o fiz por impulso. Li que um grupo de jornalistas esportivos que acompanham o time que torço, anualmente compram o Fifa ou o seu concorrente, para disputar partidas no grupo. Há dois anos compram o concorrente. Pena que só li a matéria que falava do assunto, após ter comprado o Fifa 20. É um caso para pensar na época própria.
        Peço desculpas se causei algum inconveniente, com minhas opiniões sobre o negócio Fifa. Abraço.

        • Olá Carlos. Antes de mais para mim não causa inconveniente nenhum pois somos totalmente independentes da EA.
          Relativamente ao suporte da EA, de um modo geral ele é fraco. Conforme o canal escolhido/disponível, pode roçar a mediocridade. É o caso do email em que as respostas são automatizadas. Por vezes podemos calhar com alguém um pouco mais disponível mas regra geral só as coisas simples é que ficam resolvidas.
          Quanto ao estagiário que anda por aí, eu lembro-me desse comentário. Nós sabemos que há pessoas da EA que seguem a nossa página mas duvidamos seriamente que isso esteja relacionado com a resolução de problemas após os mesmos terem sido denunciados aqui. Primeiro porque eles seguem a página em inglês, e depois porque não é prática da EA resolver especificamente problemas de uma só pessoa.
          No que respeita a comprar o FIFA, saiba que este ano o PES sairá em modo ‘Season Upgrade’. Ou seja, a EA não terá concorrência até sair FIFA 22, altura em que a Konami lançará a sua primeira simulação futebolística para a nova geração. Creio que a questão será mesmo comprar FIFA ou não.
          Abraço

Comente

Please enter your comment!
Please enter your name here