Evolução dos Preços das Cartas de FIFA 17 ao Longo do Ano

73
Evolução dos Preços das Cartas de FIFA 17 ao Longo do Ano

 
 

Você quer saber se o preço de uma determinada carta vai subir ou descer, não é? Não sabe se vende, se compra ou se espera. Para o ajudar a superar esses dilemas, lançamos este guia que lhe dá uma ideia geral da evolução dos preços das cartas de FIFA 17 ao longo do ano. Útil para todos os que fazem trading e imprescindível para quem está a começar a jogar Ultimate Team pela primeira vez, este guia mostra-lhe de uma forma macro os momentos chave em que as cartas podem ficar mais baratas ou mais caras.

 
 
 
 
 
 

Compreender a Evolução dos Preços

Nota introdutória do guia
 

Ao longo dos últimos três anos temos recolhido informações sobre os preços das cartas de centenas de jogadores, em diferentes alturas da época. Vamos usá-la não só para prevermos o que irá acontecer em FIFA 17, como para publicarmos outros guias de trading mais específicos e detalhados.

Esta série de guias de trading que temos vindo a publicar obedece a uma sequência lógica. Se não leu algum dos artigos anteriores, recomendamos que o faça agora. Tal como já aqui escrevemos, os preços no mercado de FUT variam em função de muito fatores, como por exemplo o tipo de carta, o jogador em causa, a performance na vida real ou o lançamento de pacotes promocionais. É por isso impossível descrever com exatidão o que vai acontecer ao preço de uma determinada carta pois cada caso é um caso. Aquilo que vamos fazer aqui é dar-lhe uma ideia geral da evolução da generalidade dos preços. Não significa pois que os preços de todas as cartas se comportem do mesmo modo numa determinada altura. Estamos a falar de tendências apenas. Ficou feito o aviso…

 
 
 
 
 

Princípios Básicos

Noções gerais sobre o comportamento do mercado
 

Vamos começar com a mais básica das tendências: do início ao fim do jogo, os preços estão constantemente a descer. É escusado você construir uma equipa com o foco de valorizá-la, pois isso nunca irá acontecer. Passado um mês ela valerá menos do que você pagou e passados dois meses a desvalorização será ainda maior. Quanto mais tempo passar, menos valerão as cartas no mercado. É a ordem natural das coisas.

Ao longo deste guia iremos ilustrar as nossas conclusões sob a forma gráfica. É a maneira mais clara e exata de explicarmos a influência de cada um destes fatores nos preços de mercado. Seria bom que você fosse capaz de interpretar gráficos simples como este. Como pode ver, nele está representada a variação dos preços ao longo do tempo. É uma linha reta com declive negativo e cuja inclinação varia consoante as cartas.

 

Evolução dos Preços das Cartas de FIFA 17 ao Longo do Ano

 

Como é óbvio, esta nossa representação peca por ser demasiado simplista. No caso das cartas que descem até perto do seu price range mínimo, existe uma convergência para este preço conforme mostra a imagem seguinte. Ou seja, quando os preços das cartas descem o suficiente para se aproximarem dos seus preços de descarte, eles atingem o seu mínimo e mantêm-se assim até ao final. Não podem descer abaixo disso. A altura em que a carta atinge esse preço de equilíbrio depende do seu valor inicial. Se o preço inicial for suficientemente alto, ele nunca chega a convergir para o seu preço de descarte, assemelhando-se mais à primeira imagem do que à segunda.

Salvo raras exceções, investir em jogadores cujos preços estejam a aproximar-se dos seus valores de venda rápida é uma má estratégia. Em breve eles vão atingir o seu mínimo histórico e nunca irão subir.

 

Evolução dos Preços das Cartas de FIFA 17 ao Longo do Ano

 

Dissemos que os preços das cartas dos jogadores descem desde o início até ao final do jogo. Mas na verdade, os preços não descem desde o primeiro dia. Eles aumentam até atingirem um máximo histórico ao fim de aproximadamente três a quatro semanas. Só após isso é que iniciam a sua tendência decrescente. Isto acontece porque no início há falta de moeda a circular. Todos recebem equipas de bronze e começam aos poucos a comprar cartas melhores, ou seja, a procura por jogadores medianos supera em muitas vezes a pouca oferta que o mercado ainda tem nessa altura. Assim que o mercado começa a ficar mais abastecido com esses jogadores e que muita gente começa a dar o salto para jogadores de topo, a lei da oferta e da procura volta a funcionar e os preços descem.

O aumento do preço das cartas durante as primeiras semanas é muito semelhante para todas as cartas. Porém, a descida que ocorre logo de seguida varia muito de jogador para jogador. Algumas têm descidas mais acentuadas porque as expetativas que os jogadores tinham em relação a certas cartas não se comprovaram. Esse período corresponde à curva de aprendizagem do jogo e como tal só nessa altura é que os jogadores têm a jogabilidade afinada para perceberem se os jogadores são efetivamente bons ou se tem de haver uma retificação do seu preço.

 

Evolução dos Preços das Cartas de FIFA 17 ao Longo do Ano

 

O comportamento dos preços que aqui descrevemos não é igual para todos os jogadores. As cartas mais caras têm tendência a desvalorizarem-se mais lentamente. Isso acontece porque ao longo da época, aumenta a quantidade de moeda no mercado e passa a haver mais gente com maior poder de compra. Deixam de querer comprar os jogadores normais e apontam baterias para os jogadores mais caros, aqueles que faltam para acabar as suas equipas. Ou seja, estão dispostos a pagar mais para terem bons jogadores. Isso faz com que os preços entre os melhores jogadores e os outros se distancie cada vez mais, como pode ver na imagem abaixo.

 

Evolução dos Preços das Cartas de FIFA 17 ao Longo do Ano

 
 
 
 
 
 

Evolução dos Preços das Cartas de FIFA 17

Como variam os preços das cartas ao longo do ano?
 

Agora que já explicamos a tendência geral da evolução dos preços, vamos olhar para os momentos chave em que a o descréscimo natural dos preços sofre uma alteração.

Em FIFA 17, os preços das cartas mantiveram-se altos por mais tempo do que usualmente acontecia em anos anteriores. Isto deveu-se sobretudo à introdução dos Squad Bulding Challenges, que inflacionaram diversas cartas e que por contágio impediram a diminuição de preço das restantes. Porém, com a chegada do primeiro evento, o Ultimate Scream, registou-se a primeira desvalorização do mercado. Entre o pré e o pós Halloween, as cartas desvalorizaram em média mais de 15%.

Após a primeira ação promocional, as cartas continuam o seu ritmo lento de perda de valor até ao dia em que é anunciada a primeira edição do FUT United. Por ser um evento que não é publicitado com antecedência, o mercado só se ressente no próprio dia. Ou seja, aquelas descidas de preço que normalmente ocorrem progressivamente ao longo dos dias que antecedem um evento, no caso do FUT United acontecem todas elas no seu primeiro dia, atingindo quebras de 10% em apenas 24 horas. Assim que o evento termina, há uma ligeira recuperação do mercado e logo em seguida voltam a descer a um ritmo menos acentuado.

ÍNDICES DE PREÇOS ESTIMADOS PARA FIFA 17
Outubro 2016 100 Abril 2017 27
Novembro 2016 85 Maio 1027 20
Dezembro 2016 60 Junho 2017 15
Janeiro 2017 40 Julho 2017 20
Fevereiro 2017 40 Agosto 2017 22
Março 2017 32 Setembro 2017 10



 
 

Entre o FUT United e a Black Friday, os preços descem em média 25%, refletindo a preocupação que os jogadores têm em não perder poder de compra. Ao contrário do que muita gente ainda pensa, os preços não atingem um mínimo durante a Black Friday, mas sim no dia que a antecede. Nesse dia, os preços começam a subir ligeiramente, tendência essa que se inverte no final da primeira semana de dezembro em resultado da especulação que se faz sentir em torno dos tão aguardados eventos que se seguem. Novos mínimos são novamente atingidos no primeiro dia da FUTMas, com uma desvalorização média na ordem dos 10% relativamente à Black Friday, e no primeiro dia da TOTY, quando as cartas são 5% ainda mais baratas. Pelo meio há o período Natalício, pouco propício a boas compras. Entre 24 e 29 de dezembro, o mercado regista normalmente uma considerável recuperação.

Quem pensa que durante a TOTY os preços são mais baixos, está enganado. As cartas são mais acessíveis nos dias que a antecede. Assim que as tão desejadas cartas azuis começam a invadir o mercado, os preços sobem. Não é um aumento muito acentuado, mas ao fim das duas semanas que normalmente dura este efeito, há uma valorização de cerca de 10%, retomando-se depois o curso natural de descida de preços do mercado.

Com a TOTY terminam também os acontecimentos com grande influência no comportamento do mercado. O evento que ainda assim é capaz de o afetar é a Community Week. Ao longo da mesma, o mercado está sempre em queda, acumulando perdas na ordem dos 7% ao fim de uma semana. Após o fim da Community Week, os preços mantêm-se mais ou menos estáveis até à primeira semana de setembro, altura em que se espera que o anúncio da demo de FIFA 18 faça cair o mercado em mais de 5%.

 

Evolução dos Preços das Cartas de FIFA 17 ao Longo do Ano

 

Como já aqui dissemos, este comportamento dos preços varia consoante os jogadores. Quanto mais caros ele são, menos as suas cartas seguem a evolução natural do mercado. Os expoentes máximos desta irregularidade são Messi e Ronaldo. Eles chegam mesmo a valorizar-se ao longo do ano, se bem que no computo geral acumulem perdas nas ordem dos 20%. A imagem seguinte, relativa a FIFA 16, é bem elucidtiva do que acabamos de explicar: enquanto que as cartas de Robben, Neymar e Suárez desviam-se pouco da variação de preços geral, a de Ronaldo quase não tem semelhanças. É por isso necessário redobrar os cuidados na análise dos preços destes jogadores.

 

Evolução dos Preços das Cartas de FIFA 17 ao Longo do Ano

 

Se não conseguiu captar toda a informação que necessita para fazer os investimentos certos, não se preocupe. Este guia destina-se apenas a lhe dar uma noção geral da evolução dos preços das cartas de FIFA 17 ao longo da época. Iremos aprofundarmos-nos em mais detalhes para cada um destes acontecimentos e eventos em futuros guias.

 
 
 
 
 
 
 

Deixe um comentário

73 Comentários em "Evolução dos Preços das Cartas de FIFA 17 ao Longo do Ano"

Notificação de
avatar
2500
Ordenar por:   mais recentes | mais antigos | mais votados
Pedro
Guest

Quando é que as cartas Pretas viram ouro?

Neto
Guest

Fala Rodrigo ! Bom tenho 170k de coins e não sei ao certo fazer coins , fico snipando jogadores e vendendo mais barato do que no buy now e lucrei 80 k de coins fazendo isso , vc me recomenda alguma forma mais acessivel ?

Neoluxo
Guest

Olá Rodrigo. Comprei o jogo acerca de duas semanas três semanas, já consegui angariar 270k, Quero contruir uma equipa da liga inglesa, Vardy musa Pls MCO Erik, dembele yaya E kante, Bailly zouma Bellerin Moreno, Che. Tenho acompanhado os preços de todos estes jogadores, e reparei que a o evento BF não baixou os seus preços ate ao ponto que poderia, em vez disso agora que estamso praticamente em pós BF os preços te todos eles estão a subir. Não sei qual a altura certa para fazer o meu investimento, de certo não quero esperar ate janeiro para o fazer, talvez me possa estar a faltar as mudanças de preços em termos de dias da semana e horas, que penso que não sejam exactamente iguais aos do FIFA 16.

Flavio
Guest

Ola Rodrigo , queria saber o houve com a carta do carrasco if, não era pra descer os preços??? , eu comprei ela por 80k e hj tomei um susto quando fui ao mercado e a vi por 230k o menor … que fenômeno foi esse ?

Danilo S
Guest

Rodrigo jogo fifa e faço trade desde 2011, graças aos investimentos feitos nas cartas híbridas meu capital aumentou muito rápido. NUNCA comprei Coins e nem usei de artimanhas para derrubar a conceção de adversários, hoje estava fazendo trade e qdo me deparei tive todas as minhas Coins removidas ; cerca de 1,2kk e recebi a advertência da EA falando que se eu quebrar as regras serei banido e que meu ID está marcado. Gostaria de fazer uma reclamação à eles por que fui injustiçado e não quebrei nenhuma regra. Existem milhares de hackers e programas que tiram toda a graça do jogo e logo eu fui sofrer disso??? Onde posso reclamar e existe a possibilidade de receber minhas Coins de volta? Muito obrigado pela atenção e por dedicar tempo à essa causa!

Caio Revolta
Guest

Nossa, cara. Nem me fala uma barbaridade dessa. Eu to fazendo trade desde o day one de jogo. Estou com quase 900 k e pretendo comprar 200 k de moedas pra conseguir o CR7 na BF e mais alguma coisa, se sobrar moedas. Se a EA fizer isso comigo, vai levar um processo maravilhoso nas costas e nunca mais jogo, pois isso é ROUBO. Segue o contato da EA: 11 – 3958-5683. Espero MESMO que consiga resolver!!

Fernando
Guest

Eu também, tive minhas coins zeradas. 1 milhão e 853 mil coins. Também nunca quebrei regra nenhuma

Danilo S
Guest

Caio muito obrigado, compartilhei disso em grupos de fifa e o pessoal ta dizendo q a EA anda fazendo isso com frequência, inclusive um conhecido de um amigo meu teve 27 kk tirado da própria conta pela EA. Me pergunto q tipo de critério eles tem usado para identificar e punir quem é trapaceiro e quem é um trader normal .

Caio Revolta
Guest

Então, trapaça é trapaça e se devidamente identificada, merece ser punida. Agora trade e até mesmo uso de AB, não deveriam ser punidos, sob o meu humilde ponto de vista. Afinal, o AB só existe pq de alguma forma, a EA não tem um sistema efetivo contra.
Porém, convenhamos.. absolutamente completamente impossível o cara ter 27 kk nessa altura do campeonato apenas com trade. Alguma coisa ele fez, ou gastou já uns 10 mil reais no jogo..

Danilo S
Guest

Liguei la e o cara me disse que semana passada o telefone nao parava pq um monte de gente foi banida e o sistema anda punindo muita gente. Ele encaminhou um email explicando minha situação e meu histórico para os responsáveis por isso e pediu q eu aguarde 3 dias por um pronunciamento. Disse q eu tive sorte pq nao fui banido pq a maioria q liga la esta sofrendo disso, vamos ver no que vai dar essa novela…

Emerson
Guest

Dia 21/10 tive minha conta “banida” pela EA, sem choro nem vela. Nesta altura eu estava com 1.3kk feitos com a venda de cartas obtidas através de packs (comprei 16.600 fifa points nas primeiras 10 horas de jogo do EA Access) e também com trade diário. Entrei em contato com o Suporte no dia 24/10, o qual encaminhou e-mail ao setor de “Termos de Uso” apelando pela devolução de minha conta. Hoje, dia 16/11, ainda estou sem resposta. Pra fechar, comprei a versão Super Deluxe. Se não me devolverem, ficarei a ver navios… sem os 16.600 Fifa Points e sem os benefícios do Super Deluxe. Só não larguei o fifa porque não tive coragem… o prejuízo seria maior.

Caio Revolta
Guest

Ah, cara.. não pode vacilar em casos assim. A justiça do Brasil é lenta e desanima, mas não costuma perdoar gringo que vem pra cá fazer sacanagem com os outros.
Digo tudo isso, acreditando na sua versão que conquistou as coins honestamente. Tem que ir pra cima, não pode deixar barato.

Gb2016
Guest

Só sei que no PC está complicado de mais. Ano passado a essa altura já tinha Neymar, Balé e Suarez.
Agora as cartas estão escassas de mais e ultra caras.
Cristiano Ronaldo 2 milhões e meio não existem, de onde esse povo está tirando tantas coins….
Dá até desânimo, parece que todo seu esforço para fazer coins é em vão.

Alden
Guest

Senhores, infelizmente meu tempo é muito escasso e não consigo jogar da maneira que gostaria.

Mesmo assim, fiz um bom trabalho de trade e consegui juntar 340k moedas, além disso ainda devo ganhar uns 60k ao utilizar os incrementos de coins neste próximo feriado!

Ou seja, devo ter 400k moedas após o dia 15/11.

Eu ainda não montei time algum, apenas estou jogando com os jogadores prata/bronze e os emprestados, estou guardando a grana para montar um time maneiro agora que os preços devem cair.

Minha dúvida é: Devo aguardar o dia anterior da BF para montar um bom time e deixar o trade de lado, visto a escassez do tempo?

Ou, já que cheguei até o momento sem time, devo comprar jogadores baratos antes da BF e vende-los a fim de maximizar ainda mais os ganhos e esperar por um nova queda de preços para aí então montar um belo time?

E por fim, com estes 340k que tenho atualmente e a escassez do tempo, que tipo de trade vocês me indicariam??

Obrigado!

Caio Revolta
Guest

Olá, Alden.
Cara, na minha opinião, já que aguardou até aqui, espera mais um pouco e vai às compras no dia anterior à BF. Agora, comprar nessa data, pra revender, pra comprar de novo, acho um pouco de perda de tempo. Legal, vai ter algum pequeno lucro, mas e a diversão de finalmente montar seu time e jogar? Conforme já foi discutido aqui, às vezes é melhor um pouco de diversão do que lucro a qualquer custo. E com 400 k, na BF, vc já vai conseguir montar um belissimo time, seja em qual liga for. Abraço!!

Galindo
Guest

Boa tarde , Rodrigo
Segundo os acontecimentos anteriores qual seria o melhor dia/epoca para vender os jogadores e o dia para comprar ? no final de semana da black friday?

Grato

Caio Revolta
Guest

Rodrigo e galera.. tenho uma questão um pouco diferente: qual seria a melhor hora para comprar MOEDAS. E não jogadores. Tendo em vista essa oscilação toda de mercado, creio que também para comprar moedas, a melhor época seja por volta dos dias que antecedem, ou mesmo a véspera da BF.. Pois o mercado inunda-se com jogadores a venda, as chances dos AB da vida conseguirem comprar cartas são maiores e com mais moedas em estoque, os preços devem baixar.
Caso alguém tenha algum outro ponto de vista, por favor, exponha 🙂

Mario Inglese
Guest

Boa Tarde, Caio!
Este ano migrei pro XBox One e acabei comprando 12.000 Fifas Points na época do EA Access e ontem comprei mais 12.000 Fifas Points pra aproveitar os pacotes da EA e já acumulei 1 milhão de coins. Porém, se houvesse comprado os coins diretamente (como em anos anteriores) já estaria provavelmente com o dobro ou triplo de coins (fazendo trade diariamente). Ou seja, o próprio Rodrigo Lopes já havia comentado que é mais vantajoso comprar coins a Fifa Points.
Esse assunto é de extremo interesse pra toda a comunidade, pois realmente se houvesse um mercado de livre concorrência sua análise estaria correta, quanto maior a oferta de moeda, menor seu preço. Porém… como sabemos a Dona EA é a controladora (Banco Central) da moeda e seus “funcionários” são os “Dealers” do mercado, pois compram e vendem cartas e “quiçá” as MOEDAS (coins)… daí não haver/existir parâmetros econômicos de comparação com a realidade real.
Isso logo será tema de dissertação/mestrado nas faculdades, pois a MOEDA VIRTUAL, no nosso caso “coins” está começando a tomar proporções maiores e merece um estudo a parte, pois foge da realidade econômica que estamos acostumados na microeconomia.

Abraços e também estou acompanhando os preços dos coins

Caio Revolta
Guest

Fala, Mario. Beleza ?
Então, cara eu comprei cerca de 5000 FP até o momento e me arrependo amargament. Não tirei ninguém acima de 81 de overall e se juntei 200k vendendo os lixos que vieram nos packs, é muito. Estou com 900k à base de muuuito trade, praticamente 20 horas por dia de trade.
Eu também tenho certeza absoluta que esses sites de venda de coins, tem ação direta de funcionários da EA.
Porém, existem alguns indícios que me fazem pensar numa oscilaçào lógica. O primeiro, é tendo em vista o ano de 2015, onde a inflação era absurda e se conseguia comprar 100k por R$ 10,00. E conforme os valores de jogadores iam caindo, muito em função do PR, os valores de coins iam subindo.
Em segundo lugar, muita gente, mas muita mesmo, é contrária à prática de compra de coins, pois parece que a EA está banindo sem dó nesse ano. E fazem seus investimentos em packs, na esperança de tirar algo bom. Nesse sentido, sabe-se que uma das melhores datas de todo o ano, é a famosa BF. Onde os packs ficam de fato mais atrativos. Sabendo disso, os vendedores de coins sabem que precisam ser competitivos no mercado. Precisam deixar as moedas num preço razoável, senão perdem a atratividade, pois preferirão comprar packs.
Acredito mesmo que na reta final, na última semana que antecede a BF, os preços de coins devem baixar consideravelmente.

Mario Inglese
Guest

Olá Caio, tudo bem?
Realmente tem lógica e coerência a sua análise, os preços dos coins estão realmente caindo 100k por R$ 45,00 no ML pronta entrega.
Porém o mercado de coins não segue a realidade do mercado de cartas e muito menos a economia real, já que isso é um jogo e como tal vicia, e vício geralmente foge um pouco da realidade.
O equilíbrio entre Oferta/Demanda é dada pelo mercado em determinada momento, mas o mercado é controlado pelos “vendedores de coins” que ao meu ver formam um “cartel” ou quase um “monopólio” onde a Dona EA com certeza é o “capo” que manda no sistema como um todo. Daí não existir muita lógica de mercado, porque não existe a “livre concorrência” entre os jogadores e muito menos condições de igualdade.
Por ex.: Eu consegui juntar 1 milhão de coins e você 900k á base de muuuito trade, lógico que o trade faz parte do jogo, mas mesmo assim o Pelé Legends custa 6 milhões de coins…. Jogo este ano no XBox One e é surreal o preço de alguns jogadores.
Porém, estou achando o preço da maioria das cartas mais “razoável” do que no PS3/PS4.
Isso é apenas o meu raciocínio, pode até ser que a Dona EA só venda Fifa Points e os coins são parte da “brincadeira” dos “amigos do rei” que ganharam na loteria vendendo “sonhos virtuais”. Mesmo assim a Dona EA a cada ano nos brinda com agradáveis surpresas, como por ex.: esse ano escolher “aleatoriamente” quem poderia ser convidado para o acesso do Web App… Onde as condições de igualdade?
Eis aí a verdadeira “formadora de preços” das cartas no mercado de transferências, e quiçá de certa forma “manipulando” os preços dos coins no ML, no nosso caso no Brasil. Mas existem vendedores de coins na Europa, EUA, Ásia e aonde existir mercado que o Fifa é lançado. Quem será a controladora desse sistema? Essa é a pergunta que não quer calar… do meu ponto de vista, apenas.

Você realmente tem razão, já que esse é um assunto por demais complexo como disse nosso amigo Rodrigo. A BF provavelmente é uma das melhores épocas pra se comprar coins e jogadores.

Abraços e vamos as compras!!!

Caio Revolta
Guest

Mario, eu acho que quanto à venda de moedas, a EA não tem muita influência. Acho que o mercado de venda de moedas está dividido em duas grandes e intocadas partes: 1 – funcionários da EA que fazem um “mercado paralelo” sem o controle da mesma. Os caras que tem acesso à programação do jogo. Certa vez liguei na EA reclamando de dezenas de contratos e outros consumíveis meus que haviam sumido. Após rápida análise, a atendente voltou na linha falando que tinha depositado 200k na minha conta. Isso foi ano passado. Simples assim. Ainda me alertou que iriam analisar de novo e caso eu estivesse mentindo, poderia acarretar BAN. Ou seja, os funcionários da EA tem free pass pra depositar ou sacar quantas coins lhe forem do agrado. Na hora que quiserem. Imagina o que não devem fazer por eles mesmos?
2 – vendedores de coins dedicados ao trade o dia todo com auxilio de AB. Conheci um amigo que ficou simplesmente um ano e meio sem trabalhar. Ele comprou um AB, fez não sei quantas contas e viveu disso (viveu muito bem, por sinal) durante um ano. Depois, achou uma oportunidade na área dele e abandonou o negócio. Mas ele trabalhava nisso, pelo menos 10 horas por dia.
Enfim. Acho que nem a EA sabia que estava criando um produto que viria a ser tão disputado no mercado em tão pouco tempo.
Tem cara estragando o orçamento de casa pra comprar coins!! Loucura total!!

Mário Inglese
Guest

É isso mesmo Caio, nós concordamos em “quase” tudo, mas como o Rodrigo mencionou no artigo do site abaixo, a “quadrilha” ou “máfia dos coins” está longe do alcance de nossos olhos… Se até o FBI está em sua captura, imagina o estrago que estão provocando? Mas, Sinceramente não acredito na ingenuidade da EA, e quanto a seus funcionários, como você mesmo disse são “funcionários” da EA, basta uma demissão por justa causa e inquérito policial, né mesmo?
Resumindo, apesar das inúmeras opiniões… e olha que são muitas… fica difícil isentar a “Dona EA” de envolvimento… claro a empresa não pode responder pelo ato de seus “funcionários”, mas o chefe/diretor/presidente da empresa sim.
Fico pensando de como uma empresa do tamanho da EA pode ser tão facilmente engana/roubada a anos na luz do dia pela internet… Bem, é só analisar o Balanço Patrimonial e os Demonstrativos Financeiros dos últimos 5 anos da empresa EA e veremos quem está roubando quem… agora a “quadrilha” ficou mais completa com a chegada da microsoft… Nesses últimos anos estamos assistindo uma “evolução” no poder de venda/compra de coins e de Fifa Points… Discussão que merece um artigo a parte e especial, pois faz parte do jogo. Sugestão para o Rodrigo pensar!!!

Abraços e bom divertimento a todos da comunidade

Caio Revolta
Guest

Uuauu!! O titulo promete. Vou ler já!!

Duarte
Guest

Rodrigo e pessoal do site, vocês não acham que este ano podemos ter um comportamento diferente do mercado? Em vista que nunca antes tivemos uma injeção de coins e cards tão grande, toda semana vários jogadores recebem uma boa recompensa da weekend league. Com mais dinheiro o preço tende aumentar até encontrar o seu ajuste novamente (oferta/procura ).
Este fenômeno estou vendo no mercado do fut PC ( sei que não é o melhor exemplo, mercado não é grande como xbox e play). Por exemplo a 2 semanas comprei Nainggolan por 60k. Essa semana dificilmente acho ele agora por menos de 80k. Smaling tinha comprado por 17, agora ta saindo por 25.

Danilo S
Guest

Rodrigo tenho acompanhado esses eventos recentes e tenho notado que eles nao tem afetado o preço das cartas híbridas. .. Acha que seria possível a black friday afetar de uma forma considerável as cartas híbridas fazendo as descer de preço? ??

Vinícius
Guest

Quando ocorre o FUTMas?

Caio Revolta
Guest

Postagem espetacular, Rodrigo. Parabens!!
Por favor, me esclareça uma dúvida. Meu grande objetivo no jogo, é comprar seu compatriota Ronaldo. Pelo último gráfico, parece que o melhor momento pra compra-lo, seria por volta do Black Friday mesmo, está correta essa afirmação? Ali um pouco antes de janeiro, ou na verdade, já em janeiro, mas dias antes das TOTY ?

André Martins
Guest

Saiu me uma carta do Willian, tenho neste momento o Delofeu e o Dyer na equipa da Premier.
Fará sentido vender a carta do willian e comprá-la depois do black friday? Obrigado

Elio
Guest

Confesso que fico confuso para comprar… ex: quase comprei Neymar ontem por 450 mil K no PS4… mas no momento pensei… perderei 5% se for vende-lo, para recuperar o vlr investido teria que vende-lo por 473.000 k. mas como se os preços estão sempre a cair? E as minhas moedas terão sempre o mesmo vlr de compra e tendem a ir aumentando gradualmente…
Mas ai vem a questão:
E o divertimento?
melhor se divertir agora ou quando (quase) todos tiverem o Neymar?
São estas duvidas que pairam em nossas cabeças… como comprar um jogador agora, sabendo-se que ele estara sempre ha desvalorizar-se… kkkkk fico confusso e depois que vejo as moedas na tela fico com dò de gasta-las… kkkkk.

Michael
Guest

Rodrigo, já sabe quando será o fut united? E vale a pena recomprar o time depois do fut united e vendê-lo antes da black friday ou vc aconselha a só comprar o time novamente durante a black friday?

PROFETTA
Guest

Oi Rodrigo, tudo bem?

Normalmente faço trade com Fitness gold raro, compro por 650-800 e vendo por 900-1000. como se comportam os preços dos consumables nas HH? Fut United, Black Friday, etc?

abs.

Riberto cintra
Guest

Rodrigo. Queria saber se o lançamento de uma carta in form aumenta ou diminui o preço da carta regular.

Israel Moreira
Guest

pelo oq entendi então, os melhores momentos de compra são sempre o dia que antecede os eventos, correto?

Felipe Costa
Guest

Queria muito entender essas variações de mercado é minha primeira vez jogando FUT e ainda não sei muito bem fazer trade,até tenho lucros e tal,mas mesmo assim é muito pouco e todas as vendas são sem base nenhuma. :/

King James
Guest

Deixa eu ve se entendi,seria uma boa entao comprar o time amanha já que é o fut united,e p nao perder tanto venderia lá p dia 20 ja q black friday é dia 25,ai compraria um novo time nesse dia 25 e venderia dias antes do fut mas,p qnd chegar na data dele eu poder comprar novamente esse time mais barato ainda certo?ai dps a grande queda seria só la p dia 9? q se nao me engano é a data da premiaçlão da bola de ouro…vlw

Danilo S
Guest

Eu confesso à vcs que a exceção tem sido as cartas híbridas, nas primeiras semanas de fifa eu investi pesado nelas(comprei cerca de 9 de diferentes jogadores) e so o kante valorizou cerca de 500%. Resultado ja tenho 1,3kk sobrando pra investir(nelas é claro), e ainda tenho 16 cartas híbridas no meu clube; algumas tenho usado no meu clube enquanto q as outras estão no mercado. Desde o fifa 13 NUNCA VI cartas que VALORIZARAM (e continuam) TANTO EM TÃO POUCO TEMPO, o resultado é que meu futuro financeiro ja esta garantido nesse fifa e Messi ou CR7 estão acessíveis a hora que eu quiser comprar. Mas também não vou deixar de dizer q so consegui comprar essas cartas híbridas por causa do trade com jogadores da liga NOS, foram eles que me deram as Coins pra que eu pudesse investir a curto, médio e longo prazo nos híbridos. Hehe

Raphael Almeida
Guest

Amigo, o que exatamente são essas cartas hibridas? Você citou o Kante como exemplo. Pode explicar?

Israel Moreira
Guest

o que vc quer dizer quando diz cartas hibridas?

Danilo S
Guest

Leia esse artigo q vc vai entender melhor http://pt.fifauteam.com/cartas-hibridas-fifa-17/

Danilo S
Guest
Israel Moreira
Guest

ah entendi. sao as cartas otw. valeu!!

Rodrigo
Guest

Notei que essa semana teve um alta no preço dos jogadores. Ex: Sturridge no Ps4 estava por 50k no dia 1°/11 e hoje está oscilando entre 57 e 60k. Algo parecido tbm acontece com Coutinho. Minha dúvida é: Quando vale a pena investir nesses dois jogadores? (atualmente só tenho moedas para apenas um). E quando é que ocorrerá uma queda mais acentuada nos preços? Excelente artigo. Abraços.

Mario Inglese
Guest

Excelente matéria Rodrigo Lopes. Esse ano estou acompanhando mais de perto essas variações de preço no XBox One. O Neymar por ex. está sendo vendido hj a 430 mil coins e o Messi a 750 mil coins. Já o Cristiano Ronaldo mantém os seus 1,4 milhão coins.
Já acumulei 650 mil coins e parece que na plataforma do XBox One as condições de compra/venda de cartas ainda são favoráveis a nós reles seres mortais e jogadores comuns.
Entretanto na semana passada, graças ao Halloween e as HH da dona EA, os preços caíram e agora nesta semana voltaram a subir, digo isso porque estou acompanhando diariamente os preços da Bundesliga que irei montar brevemente.
Por curiosidade aproveitei a semana de “preços altos” e tive a felicidade de vender meu time prata da Premier Ligue 2 e de argentinos, onde as cartas que havia comprado por 150/250 coins vendi a 1.200/2.500 coins cada.
Obtive um “lucro” percentual alto, porém como só eram 22 cartas meu lucro limitou-se a 30.000 coins + os coins dos jogos + premiação.
Saber o momento certo de “quando” vender/comprar é crucial e conhecer o comportamento do mercado é determinante para poder ter lucro.
Realmente a introdução do Squad Bulding Challenges inflacionou os preços em geral, de várias ligas e de vários jogadores, e ao mesmo tempo os preços das cartas de consumíveis como contratos e outras tiveram um decréscimo mais acentuado e rápido em relação ao outros anos.

Abraços a todos da comunidade fifaUteam em excelente final de semana

wpDiscuz