Heróis Clássicos Internacionais em FIFA 16

7
Heróis Clássicos Internacionais em FIFA 16

 
 

Os Heróis Clássicos Internacionais estreiam-se este ano em Ultimate Team, com duas equipas distintas a serem lançadas durante o Festival Futball, de modo a celebrar os históricos melhores jogadores ainda em atividade.

 
 
 

Esta página será atualizada sempre que Heróis Clássicos Internacionais forem anunciados


 
 
 
 

Heróis Clássicos Internacionais em FIFA 16

 
 

A EA Sports está a lançar pela primeira vez o Festival FUTball, que inclui o lançamento de cartas iMOTM, heróis clássicos internacionais, torneios temáticos, duas Equipas do Torneio (TOTT) e um novo tipo de pacote.

Durante o Festival FUTball de FIFA 16, a EA irá homenagear alguns dos melhores jogadores ainda em atividade, em função das suas prestações em jogos internacionais, com a atribução de cartas de herói disponíveis por um tempo limitado de tempo.

 
 
 
 

Heróis Clássicos Internacionais das Américas

 
 

A equipa com os heróis clássicos internacionais das Américas foi a primeira a ser lançada em FIFA 16 Ultimate Team.

Estes jogadores agora selecionados foram os que supostamente mais se distinguiram pelas suas seleções nacionais em determinados torneios internacionais. Entre recorde de presenças até à marcação de um golo decisivo numa final, estes foram os jogadores das Américas que deixaram a sua marca no futebol mundial.

Os ratings atribuídos refletem as suas performances internacionais passadas. Estas cartas só se encontram disponíveis por um período de tempo limitado.

 

Heróis Clássicos Internacionais em FIFA 16

Início | 17/06/2016 18h Lisboa | 17/06/2016 14h Brasília
Fim | 24/06/2016 18h Lisboa | 24/06/2016 14h Brasília

Onze inicial:
GK: Júlio César – Brazil
CB: Ezequiel Garay – Argentina
CB: Luisão – Brazil
RB: Maicon – Brazil
RB: Juan Camilo Zúñiga – Colombia
CM: Esteban Cambiasso – Argentina
LM: Maximiliano Rodriguez – Argentina
CAM: Kaká – Brazil
CAM: Diego – Brazil
ST: Carlos Tévez – Argentina
ST: Claudio Pizarro – Peru

Suplentes:
RB: Luis Advíncula – Peru
CB: Fabricio Coloccini – Argentina
CM: Lucho González – Argentina
LM: Cristian Rodríguez – Uruguay
ST: Omar Bravo – Mexico
ST: Roque Santa Cruz – Paraguay
CDM: Néstor Ortigoza – Paraguay

 
 
 
 
 
 

Heróis Clássicos Internacionais da Europa

 
 

A equipa com os heróis clássicos internacionais da Europa foi a última a ser lançada em FIFA 16 Ultimate Team.

Estes jogadores agora selecionados foram os que supostamente mais se distinguiram pelas suas seleções nacionais em determinados torneios internacionais. Entre recorde de presenças até à marcação de um golo decisivo numa final, estes foram os jogadores das Américas que deixaram a sua marca no futebol mundial.

Os ratings atribuídos refletem as suas performances internacionais passadas. Estas cartas só se encontram disponíveis por um período de tempo limitado.

 

Heróis Clássicos Internacionais em FIFA 16

Início | 01/07/2016 18h Lisboa | 01/07/2016 14h Brasília
Fim | 08/07/2016 18h Lisboa | 08/07/2016 14h Brasília

Onze inicial:
GK: José Reina – Spain
LB: Ashley Cole – England
LB: Fábio Coentrão – Portugal
LB: Philipp Lahm – Germany
RB: José Bosingwa – Portugal
CDM: Andrea Pirlo – Italy
CM: Frank Lampard – England
CM: Steven Gerrard – England
CF: Francesco Totti – Italy
ST: David Villa – Spain
ST: Fernando Torres – Spain

Suplentes:
LB: Yuriy Zhirkov – Russia
RB: Hamit Altintop – Turkey
CDM: Xabi Alonso – Spain
LM: Wesley Sneijder – The Netherlands
RW: Alan Dzagoev – Russia
ST: Semih Sentürk – Turkey
ST: Mario Balotelli – Italy

 
 
 
 
 
 

Deixe um comentário

7 Comentários em "Heróis Clássicos Internacionais em FIFA 16"

Notificação de
avatar
2500
Ordenar por:   mais recentes | mais antigos | mais votados
christiano Traba
Guest

Pessoal, é incrivel. Já ouvir muita gente comentar sobre os times com jogadores de overall 74 correrem mais que um time com overall medio de 87, mas nunca tinha visto, contudo ontem eu estava jogando contra um time que em seu ataque não passava de jogadores com overall 75, mas eles eram mais rapidos e mais forte que Chiellini e 87 e Miranda 92…sem contar que o defensor dele de overall 78 corria e era mais forte que Higuain de 95…Eu não sou um excelente jogador, mas aquilo era discrepante demais.

CQB
Guest

Impressão ou inventaram uma carta pra movimentar os FIFAPoints? O arco-íris de cartas parece até desespero.

wpDiscuz